Mobilize Europa

04
junho
Publicado por Guilherme Tampieri no dia 04 de junho de 2015

Pedalar na Europa é algo comum e corriqueiro? Para vários países,não! Na França, onde está acontecendo o Velo-City, o maior evento sobre bicicleta do mundo, apenas 3% da população utiliza a bicicleta como modo de transporte.

 

De hoje ao dia 5 de junho, pessoas e instituições, públicas e privadas, do mundo inteiro estarão presentes aqui Nantes para participarem do evento. Abaixo, um pouco sobre Nantes, a cidade do Velo-City 2015 e uma das referências nacionais sobre uso da bicicleta.

IMG_20150602_204223

Nantes (‘Nanti’ em francês)

 

é uma cidade que possui pouco mais de 5% de pessoas usando bicicleta em seus deslocamentos diários, segundo dados de uma pesquisa feita na cidade em 2012. Para se deslocar na cidade, 27% das pessoas vão a pé, 16% no transporte coletivo e 52% de carro. Sim, mais da metade das pessoas usam carro em Nantes, como na maior parte da França.

 

Para reverter esse quadro, em 2012, a prefeitura de Nantes tomou uma decisão inédita na França: aumentar sua área central cuja velocidade máxima era 30km/h de 16 para 75 hectares e criar uma Zona de Tráfico Limitado de 8 hectares no hiper-centro! A chamada ZTL, a primeira da França, tem por objetivo promover o andar à pé, a bicicleta e o transporte coletivo. Dedicada aos pedestres, ciclistas e usuários do transporte coletivo e sempre com limite de 30km/h, a ZTL também autoriza a circulação de veículos motorizados individuais de entrega, taxis, dos moradores locais, clientes dos hotéis e profissionais da saúde.

 

Além disso, a cidade está:

 

-construindo dois grandes eixos  com ciclovias (norte-sul e leste-oeste) atravessarão Nantes;

-generalizando as zonas 30 para todos os bairros, incluindo a periferia;

-implementando estruturas cicloviárias em todas as grandes vias da cidade.

 

Em um ano, a quantidade de pessoas pedalando nas ZTL dobrou, mas o caminho de Nantes ainda é longo e cheio de trabalhos a serem feitos para que a cidade se torne uma cidade de fato atrativa ao uso da bicicleta no contexto Europa.

 

Com esse pequeno resumo em mente, agora é ver na prática como é pedalar por mais essa cidade francesa. Começamos a jornada retirando as bicicletas no estacionamento delas (nessa semana apenas, infelizmente). C’est parti!

 IMG_1535


#BrasilNoVeloCity #BrasilNoVeloCity2015



Tags:, ,

Compartilhe

Comente

Seu e-mail nunca é exibido. Campos obrigatórios são marcados *

*
*
*


Busca no Blog
Sobre o Blog
Especialistas, colaboradores e parceiros do Mobilize escrevem suas impressões sobre a mobilidade urbana nas cidades europeias, de bicicleta, sobre skates, em cadeiras de rodas, correndo ou andando, no metrô, VLT, ônibus, barcos, funiculares, riquixás e outras modalidades de transporte urbano.
Com a palavra...
Mariana Falcone Mariana Falcone Guerra é arquiteta graduada e com mestrado pela FAU-USP. Atualmente está na Espanha, realizando doutorado no Centro de Inovação em Tecnologia para o Desenvolvimento Humano da Universidade Politécnica de Madri. Há mais de dez anos dedica-se à área urbanística, desenvolvendo projetos e consultorias voltadas ao desenho urbano inclusivo, e ao reforço da métrica pedestre. Acredita que a apropriação do espaço público pelas pessoas é a melhor estratégia para reforçar a segurança e a vitalidade das cidades.
Posts mais lidos
Categorias
Arquivo
Realização
Associação Abaporu
Desenvolvimento
MSZ Solutions
Comunicação
Mandarim Comunicação
Patrocínio
Itau Allianz
Apoio
Ernst & Young
Prêmio
Empreendedor Social
Prêmio Empreendedor Social