SampaPé

07
outubro
Publicado por leticia no dia 07 de outubro de 2014

Alguns amigos lembram de mim quando encontram situações absurdas ao andar a pé em São Paulo.

Esperamos que essas imagens circulem e que as pessoas cada vez mais saibam respeitar as pessoas e reivindicar respeito.

Você também pode me mandar quando ver algo assim em sampape@sampape.com.br .

Agora deixo vocês com esta sequência.

 

Seria cómico se não fosse trágico!

Atenção: Todas as fotos foram tiradas por pessoas comuns caminhando na cidade de São Paulo e todas as falas foram criadas com uma pitada de ironia.

“A gente vai só fazer uns ajustes na rua e na calçada ao mesmo tempo, siga a seta que você certamente vai achar algum caminho para você querido pedestre”

10475607_10152660840096337_8800422129352989444_n

por Leticia Sabino na Vila Madalena

 

“Vamos plantar uma árvore de estatura pequena para enfeitar a rua?

– Claro, mas põe um pouco mais para o meio para não atrapalhar os taxis.

Pode deixa, pronto, olha que lindinha ficou.”

 

por Irene Quintáns na Vila Clementino

por Irene Quintáns na Vila Clementino

 

“Ah hoje vou fazer uma boa ação e colocar um letreiro luminoso avisando quando os pedestres podem passar, eles ficam andando por ai achando que tem prioridade e depois é atropelado e não sabe porque. Ah e acho bom entender inglês, se não é só ir pela cor, mas na verdade vou programar para ficar sempre “Don’t Walk” e eles que atravessem a rua.”

por Palmas no Jardim Paulista

por Palmas no Jardim Paulista

 

“Já que a gente abriu uma via no meio da calçada para os carros entrarem na garagem com fluidez vamos garantir a travessia dos pedestres e construir uma passarela para eles passarem por cima e não atrapalharem os carros.”

por Leticia Sabino na Faria Lima

por Leticia Sabino na Faria Lima

 

E por hoje é só, mas têm MUITO mais!



Tags:, , , , , , , , , ,

Compartilhe

Comente

Seu e-mail nunca é exibido. Campos obrigatórios são marcados *

*
*

Busca no Blog
Com a palavra...
Leticia Leticia Leda Sabino, 29 anos, é administra-
dora de empresas e idealizadora do SampaPé!. Depois de uma temporada na Cidade do México, percebeu que não só era possível viver sem carro, como somente se deslocando a pé podia experimentar realmente a cidade. Decidiu então partilhar sua descoberta, e criou o projeto de mobilidade urbana com foco no pedestre, para levar as pessoas a refletir sobre modos mais conscientes de locomoção.
Posts mais lidos
Categorias
Arquivo