Ex-diretor geral de tráfego espanhol e super herói mexicano dos pedestres caminham juntos em SP durante seminário sobre Cidades a Pé – SampaPé
SampaPé

07
dezembro
Publicado por leticia no dia 07 de dezembro de 2015

Pioneiro na história da cidade (me arrisco a dizer do país) realizamos – Comissão Técnica de Mobilidade a Pé e Acessibilidade da ANTP- na semana passada um seminário única e exclusivamente para discutir e refletir sobre o caminhar nas cidades, o Seminário Internacional Cidades a Pé.

IMG_3473

@porondeandeisp

Tema ainda negligenciado e deslocado na discussões de macro planejamento dos países mostrou que veio para entrar na agendas em todas as esferas, tendo como importante sinal disso este evento de realização da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) com patrocínio do Banco Mundial.

 

Porém, evidenciado nestes dias, o caminhar nas cidades é um tema extremamente transversal e complexo e ao discuti-lo estamos na verdade discutindo a nossa existência.

 

Porque decidimos ou não caminhar cada dia quando nos levantamos e temos que ir a algum lugar?

 

É pelo tempo? Pela distância? Pela disposição? Pela pressa? Pelo status? Pelo conforto? Pela insegurança? Pelo prazer? Pelo hábito? Pela paisagem e vistas? Pelas construções? Pelas pessoas que vamos encontrar? Pelo clima? Pelo presente? Pela infra-estrutura? Pelo humor? Pela companhia? Pelos cheiros? Pela eficiência? Pela saúde? Pela lógica? É racional?

 

Esta simples pergunta de repente nos faz refletir sobre – quase- TUDO.

 

E nos remete a importância do caminhar para a evolução do homem como um animal bípede livre para criar com as mãos e raciocinar, o caminhar para chegar a novos lugares, conhecer novos povos e recomeçar, a criação das cidades para vivermos a distâncias mais curtas (caminháveis) e com maior diversidade, o caminhar como atividade física e saudável, o caminhar como momento de reflexão e exploração do nosso interior, o caminhar como viagem física e psicológica, o caminhar como  liberdade, o caminhar como atividade integradora, o caminhar como transporte eficiente, o tempo que nos permitimos para caminhar dentro do ritmo das nossas vidas, o caminhar nos proporcionando a nossa relação com o espaço, com o mundo e com o próximo.

 

Não foi a toa que no seminário contamos com a presença desde ex-ministros de transporte à super heróis, de médicos a artistas, de colombianos a finlandeses, discutindo e convivendo em perfeita harmonia e simpatia.

Diapositiva1

 

E que realmente fica para mim após estes intensos e incríveis 4 dias de seminário é que as decisões do técnicos de trânsito precisam de mais filosofia e poesia, o ativismo precisa de mais cáculos e dados, a academia precisa de mais cores e ação, as empresas precisam de mais calma e imaginação, precisamos cada vez mais nos misturar entre todos os setores e pessoas, nos conhecer, nos inspirar, conversar, harmonizar  para conseguirmos caminhar juntos em direção ao nosso objetivo comum : VIVER BEM. 

 

 

 

Para ver as apresentações dos palestrantes, acesse a biblioteca da ANTP : http://www.antp.org.br/website/biblioteca/search.asp

Para ver vídeos do seminário, acesse o canal Mova-se no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC33HW8N4B-5CPM5BtN0_psA

 

 

 



Compartilhe

Comente

Seu e-mail nunca é exibido. Campos obrigatórios são marcados *

*
*


Busca no Blog
Com a palavra...
Leticia Leticia Leda Sabino, 29 anos, é administra-
dora de empresas e idealizadora do SampaPé!. Depois de uma temporada na Cidade do México, percebeu que não só era possível viver sem carro, como somente se deslocando a pé podia experimentar realmente a cidade. Decidiu então partilhar sua descoberta, e criou o projeto de mobilidade urbana com foco no pedestre, para levar as pessoas a refletir sobre modos mais conscientes de locomoção.
Posts mais lidos
Categorias
Arquivo

Patrocínio
Banco Itaú
Allianz
Apoio
Ernst & Young
Prêmio
Empreendedor Social
Empresa Vencedora 2º Prêmio Estadão PME
Realização
Associação Abaporu
Desenvolvimento
MSaez Solutions
Comunicação
Mandarim Comunicação