Dossiê sobre a Estrada Parque Taguatinga, no Distrito Federal

Obra de ampliação da Estrada Parque Taguatinga (EPTG), no Distrito Federal, foi pensada unicamente para atender ao transporte individual motorizado

Pedestres e ciclistas sem espaço na nova via expre

Pedestres e ciclistas sem espaço na nova via expressa

créditos: Uirá Lourenço

Autor: Uirá Lourenço

Assunto: Relatórios

Abrangência: Distrito Federal

Ano: 2016

Anunciada em 2010 como "Linha Verde", a obra de ampliação da Estrada Parque Taguatinga (EPTG), no Distrito Federal, foi pensada unicamente para atender ao transporte individual motorizado. 

 

A obra resultou na mega-ampliação do espaço para os carros. E a ausência de calçadas e de ciclovia, aliada a um corredor de ônibus inoperante, vêm produzindo desde então acidentes e mortes. Uma das vias mais movimentadas da capital federal, o limite de velocidade no local é alto e a imprudência é a regra que compõe um cenário insustentável. É possível dizer que a EPTG é uma autêntica "linha vermelha".

 

A ampliação não só não trouxe solução ao tráfego, já que os congestionamentos continuam; os riscos a ciclistas e pedestres também aumentaram. A impressão é que a “nova” EPTG afugentou ciclistas e pedestres, devido o ambiente estar ainda mais hostil aos que não usam carro.

 

Ônibus presos no congestionamento; usuários do transporte coletivo penalizados... a EPTG comprova de forma clara os malefícios das políticas públicas que priorizam o transporte individual motorizado.

 

Desde o iníco das obras, há cinco anos, uma ciclovia foi prometida e estava projetada para a Linha Verde. Nada foi feito.

 

A expectativa e a esperança agora é que o governo atual promova finalmente as intervenções que podem fazer desta via uma autêntica Linha Verde - com transporte coletivo rápido e confortável, e espaço para pedalar e caminhar em segurança. Uma via com menos mortes, que celebre a vida.

 

Para embasar estas denúncias, foi elaborado este robusto dossiê, com flagrantes observados nos dias atuais, cinco anos após a obra de ampliação da EPTG. O objetivo foi registrar os inúmeros problemas verificados nesta via, e pedir por soluções. O documento foi encaminhado ao governador do DF, ao secretário de mobilidade e ao diretor geral do DER. Além de uma seleção de fotos, o calhamaço traz informações que saíram na imprensa, artigos sobre o tema e leis. 

Arquivos
Download
Dossiê sobre a Estrada Parque Taguatinga (DF)
Anunciada em 2010 como "Linha Verde", a obra de ampliação da Estrada Parque Taguatinga (EPTG), no Distrito Federal, foi pensada unicamente para atender ao transporte individual motorizado

 Voltar

Outros Estudos

Ver todos os estudos

  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário