A viabilidade econômica da implantação do BRT/ VLT em Manaus

Estudo avalia a viabilidade de implantação do Bus Rapid Transit (BRT) e/ou do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na cidade de Manaus. É feita a análise do custo de implantação de ambos os sistemas, integrantes do Plano de Mobilidade Urbana de Manaus (PlanMob), considerando as estimativas de investimentos por km de obra construída.

Proposta de Sistema de Transporte Integrado (2010)

Proposta de Sistema de Transporte Integrado (2010) de Manaus

créditos: Seminf

Autor: Paulo Ricardo de Souza Rodrigues

Assunto: Teses e TCCs

Abrangência: Manaus

Ano: 2017

Estudo sobre a viabilidade de implantação do BRT e do VLT em Manaus, com base na análise do custo por km de via construída de ambos os sistemas, integrantes do PlanMob. Trata-se do TCC (trabalho de conclusão do curso) de Paulo Ricardo de Souza Rodrigues, para o curso de Engenharia Civil da Faculdade Metropolitana de Manaus - Fametro.

 

Para o corredor viário Constantino Ney/Torquato Tapajós/Max Teixeira, na extensão digamos de 12,5 km, calculou-se que seriam necessários R$ 337,5 milhões para a construção por via do BRT, enquanto que para o mesmo trajeto em VLT o custo seria de R$ 1.237,5 bilhão de reais por via.

 

Custos social e econômico

Falta de planejamento urbano, crescimento populacional e aumento da concentração de carros e motos em grandes congestionamentos se alinham para por em alerta os problemas de mobilidade urbana em Manaus, lançando desafios a sucessivas gestões públicas. Numa projeção estimada, calcula-se que até no ano de 2035, a população manauara englobe os 2.629.775 milhões de habitantes. (PlanMob, 2015, p. 125) e para inchar a mobilidade, com uma média de 2 mil veículos emplacados a cada mês, a capital amazonense pode chegar à frota de 1 milhão de veículos nos próximos dez anos (MOBILIZE, 2016).

 

Neste trabalho, os cálculos apontaram para um custo econômico de implantação do sistema VLT no corredor proposto relativamente alto -  36 vezes maior, se comparado com o sistema BRT. No entanto, ambos os sistemas envolvem uma cadeia de fatores de engenharia e escolha política final de estudo e implantação. Comumente, o BRT pode surgir como uma opção eficiente para o corredor estudado, após o inicio das obras requereria um prazo, de 2 a 5 anos, dependendo dos projetos e cronograma para a implantação.

 

As considerações de escolhas do sistema BRT, além do custo econômico de implantação, passam pela reestruturação da faixa azul como eixo tronco-alimentador de ônibus. Considerando as linhas discutidas na pista central e lado direito, a redefinição operacional nos trajetos das mesmas será necessária, pois elas tornariam linhas no eixo como paradoras ou diretas dependendo da inserção para cada bairro vinculada.

 

Por outro lado, o sistema VLT, por ser elétrico, pode surgir como opção de transporte limpo ao que se refere no consumo de energia e modelo ambientalmente eficiente. A emissão de gases é ínfima comparada ao sistema BRT. Uma possibilidade é de o BRT servir como precursor da subsequente implantação do VLT. Embora haja uma complexidade de análises e informações para os estudos em transporte público a serem discutidas, é necessária uma real importância social para a priorização do transporte público na cidade de Manaus.

 

Portanto, não é somente o custo econômico de implantação que está em questão, mas é a ênfase social do transporte, das ações governamentais em criar planos de atração e políticas públicas, para que desestimule os motoristas a deixarem seus carros.


Ao mesmo tempo, ao se apresentarem as vantagens e desvantagens dos sistemas estudados e suas atribuições, não se deve também esquecer o necessário envolvimento da sociedade no acompanhamento das medidas tomadas por gestores e autoridade políticas ao aplicarem recursos públicos. 

 

A conclusão é que, em qualquer dos casos, deve ficar claro que somente com um transporte público de qualidade pode-se fazer uma cidade voltada para as pessoas e não para os carros. Segundo o autor, "o transporte coletivo não se resume a trajetos e máquinas de transportar pessoas, mas trata-se, pertinentemente, de uma questão de justiça social e equidade no sistema".

Arquivos
Download
A viabilidade econômica da implantação do BRT/ VLT
Estudo sobre a viabilidade de implantação do BRT e do VLT em Manaus, com base na análise do custo por km de via construída de ambos os sistemas, integrantes do PlanMob

 Voltar

Outros Estudos

Ver todos os estudos

  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário