Implantação de infraestrutura cicloviária e seus efeitos: o caso da Av. Berrini em SP

Este estudo do ITDP Brasil buscou identificar os efeitos da implantação de infraestrutura cicloviária nos padrões de viagens dos habitantes de uma cidade como São Paulo, além de explorar o perfil e os motivos dos usuários para a escolha da bicicleta e suas percepções da política cicloviária.

Infraestrutura cicloviária: o caso da Av. Berrini

Infraestrutura cicloviária: o caso da Av. Berrini em SP

créditos: Divulgação

Autor: ITDP Brasil (Coordenação: Thiago Benicchio)

Assunto: Estudos e Pesquisas

Abrangência: São Paulo

Ano: 2018

 

As pesquisas com ciclistas foram aplicadas em duas vias com função estrutural no sistema viário da cidade: Av. Luiz Carlos Berrini (via com ciclovia) e Av. Ibirapuera (via sem ciclovia), ambas na zona sul da capital. Buscou-se entender de que forma a implantação de ciclovias e ciclofaixas pode contribuir para a mobilidade geral ao atrair para a bicicleta viagens que eram realizadas por outras formas de transporte.

 

Os resultados indicam que o uso da bicicleta tem grande potencial de crescimento na cidade, auxiliando na solução dos problemas de mobilidade e no enfrentamento das mudanças climáticas. 

 

O aumento do uso e da importância da bicicleta em São Paulo torna necessário o aprofundamento da compreensão de diversos aspectos relativos a esta forma de locomoção. Além disso, a consolidação de uma rede cicloviária mínima no município, com eixos cicloviários estruturais em funcionamento, permite a análise dos resultados destas ações.

 

Assim, uma ação fundamental para estimular mais deslocamentos por bicicleta seria a implantação de infraestrutura cicloviária que resulte em uma rede de caminhos seguros, resilientes e confortáveis.

 

Ainda que os resultados não possam ser extrapolados para a escala municipal, a análise das viagens por bicicleta na Avenida Berrini indicam um alto potencial de substituição de viagens realizadas por outros modos, inclusive aquelas feitas por automóvel, e a diversificação do público atendido pelas políticas cicloviárias. Foi possível notar também forte relação de causalidade entre a implantação da infraestrutura cicloviária e a adoção da bicicleta.

Arquivos
Download
Infraestrutura cicloviária: o caso da Av. Berrini
Estudo do ITDP Brasil buscou identificar os efeitos da implantação de infraestrutura cicloviária no padrão de viagens dos moradores de São Paulo, explorando o perfil e os motivos para a escolha da bicicleta e suas percepções da política cicloviária.

 Voltar

Outros Estudos

Ver todos os estudos

  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário