'Esperando o Metrô' vence concurso de marchinhas em BH

Concurso de carnaval Mestre Jonas premia música que faz a crítica aos muitos anos que a população da capital mineira aguarda pela ampliação das linhas de metrô na cidade

Notícias
 

Fonte: G1  |  Autor: G1  |  Postado em: 05 de fevereiro de 2018

Esperando o Metrô vence o concurso deste ano

Esperando o Metrô vence o concurso deste ano

créditos: Marchinha Mestre Jonas/Pedro Duarte

Esperando o Metrô” é a vencedora da sétima edição do Concurso de Marchinhas Mestre Jonas. A final foi realizada na noite deste domingo (4) no Mercado Distrital do Cruzeiro, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Leia no fim da reportagem a letra completa da marchinha vencedora.

A canção, de João Batera e Dimas Lamounier, é uma crítica aos muitos anos que a população da capital mineira aguarda pela ampliação das linhas de metrô na cidade. O refrão diz: “Há tempos tô esperando esperando o metrô / Eu era criancinha e hoje sou avô”.

A propósito, a depender da última notícia do governo (veja matéria desta segunda-feira no Mobilize) sobre corte no financiamento federal para o Metrô de BH, parece que só resta mesmo torcer por dias melhores. 

“O concurso costuma consagrar composições sarcásticas e politizadas, que fazem referência a algum episódio do nosso cotidiano. A marchinha vencedora desse ano diz muito sobre isso”, afirmou Kuru Lima, organizador do concurso desde 2012.

Após a apresentação das 10 marchinhas finalistas, os jurados escolheram três para a votação do público que escolheu a canção “Bloco do Torresmo”, em 2º lugar e “A Dancinha da Tornozeleira”, em 3º.

Vencedores e prêmios
1º lugar: "Esperando o Metrô", de João Batera e Dimas Lamounier – R$ 5 mil e troféu
2º lugar: "Bloco do Torresmo", de Fábio “Floc” Mação, Haroldo Ribeiro Gomes – R$ 3 mil e troféu
3º lugar: "A Dancinha da Tornozeleira", de Marcos Frederico e Belisário Nogues – R$ 1,5 mil e troféu

As marchinhas estão disponíveis na internet.

Outras edições consagraram marchinhas que ainda são muito lembradas, como “Na Coxinha da Madrasta”, em 2012; “O Baile do Pó Royal”, em 2014; e “O Baile do Cidadão do Bem”, em 2017. 

Esperando o Metrô
"Há tempos tô esperando esperando o metrô / Eu era criancinha e hoje sou avô (refrão)
Eu era criancinha de colo
Quando o governo anunciou
Que o metrô ia chegar ao Barreiro
Tem mais de 30 anos e ainda não chegou
Repete o refrão
Será que vem? (sei lá) Acho que não
Dizem que é culpa da inflação
Cadê a verba, desapareceu
Será que está em Brasília, ou o gato comeu" 

Leia também:
Bloco da Bicicletinha anima o carnaval de BH
Uma estação a mais no metrô de SP: o ritmo segue lento
Aprovado há seis meses, PlanBici de Belo Horizonte não avançou 




  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?