Noruega planeja para 2022 cidade autossustentável e amiga do pedestre

Sustentabilidade e tecnologia estão entre as soluções da cidade OAC, planejada para ser construída ao lado do aeroporto de Oslo, na Noruega

Notícias
 

Fonte: Haus  |  Autor: Haus  |  Postado em: 15 de março de 2018

Cidade ocupará área de 370 ha ao lado do aeroporto

Cidade ocupará área de 370 ha ao lado do aeroporto de Oslo

créditos: Reprodução/ Haptic Architects

Uma cidade completamente autossuficiente, com carros autônomos, que funcione apenas com a energia produzida dentro de seus limites e com níveis baixíssimos de emissão de gases.

 

Essa é a proposta para ocupar uma área de 370 hectares ao lado do aeroporto de Oslo, na Noruega, com projeto dos escritórios Haptic Architects e Nordic Office of Architecture.

 

Áreas caminháveis e bom transporte público são peças-chave da OAC. Imagem: Reprodução/ Haptic Architects

 

Por enquanto, o nome do projeto é Oslo Airport City (OAC), e com ele os criadores pretendem apresentar o conceito da “primeira cidade aeroportuária com energia positiva”, uma vez que a intenção é vender o excesso da produção de energia para cidades próximas.

 

Diferenciais são prédios que geram pouco lixo e áreas que “abraçam” o pedestre. Imagem: Reprodução/ Haptic Architects

 

“Esta é uma oportunidade única para projetar uma nova cidade a partir do zero usando estratégias robustas de planejamento urbano, sendo amigável para os pedestres, usando fachadas ativas e outros conceitos de cidades verdes e sustentáveis”, disse Tomas Stokke, diretor da Haptic Architects, para a revista Dezeen.

 

A OAC só terá veículos elétricos e os arquitetos prometem que o cidadão “nunca estará a mais de cinco minutos do transporte público”.

 

Espaços de lazer e convívio estão no planejamento da cidade. Imagem: Reprodução/ Haptic Architects

 

Como itens de lazer, a cidade será equipada com um parque público no centro da cidade. O espaço contará com piscina coberta, ciclovias e um amplo lago.

 

A previsão é de que a construção tenha início em 2019 e que os primeiros prédios estejam completos em 2022. O projeto OAC tem apoio do governo norueguês, que está empenhado em diminuir sensivelmente o uso de petróleo, partindo para a energia verde.

 

Leia também:
Oslo pretende proibir a circulação de automóveis em seu centro até 2019
Cinco cidades com planos ambiciosos de mobilidade urbana
Noruega anuncia investimento de quase US$ 1 bilhão em estradas para bikes


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?