A grama do vizinho- ideias de fora 2 – SampaPé
SampaPé

20
março
Publicado por leticia no dia 20 de março de 2014

Já vinha acumulando incômodo desde o ano passado com estes novos pontos de ônibus em São Paulo. Arquitetura moderna, vidro, alumínio, sinalização nas calçadas para cegos, e como paga? Com um totem enorme de publicidade, e a “cidade limpa” já era!

 

Deixando estrutura e materiais de lado o que realmente me causa VERGONHA cada vez que vejo um ponto são os enormes e disfuncionais obstáculos/totem de propaganda. Sim, o sentimento primeiro é MUITA VERGONHA alheia, do projeto, da prefeitura que implementou e de estar lá. E logo se transforma também em vergonha própria por estar “permitindo” algo assim.

 

Bom fuçando não tão fora, mas mais ao sul do Brasil, achei um projeto superbacana para o uso inteligente destes totens, o Estante Pública, de Porto Alegre. (conheça mais aqui)

 

Lá estes totens estavam obsoletos e abandonados nas ruas, até que em 2008 um grupo resolveu dar um uso inteligente para eles e os transformaram em bibliotecas públicas hackeadas nos pontos de ônibus para as pessoas lerem enquanto esperam, e para criar um senso de comunidade e de compartilhamento. E deu tão certo que 2 anos depois conseguiram apoio da FUNARTE  e se espalharam pela cidade.

 

Agramadocizinho2

 

Ainda tem esperança, e não está tão longe. Então será que antes de os totens ficarem obsoletos e esquecidos a gente consegue virar o jogo?

A empresa que usar o seu espaço de publicidade para fazer algo assim e criar um benefício para a cidade e para as pessoas vai ganhar muuuuitos pontos! #ficaadica



Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Compartilhe

Comente

Seu e-mail nunca é exibido. Campos obrigatórios são marcados *

*
*


Busca no Blog
Com a palavra...
Leticia Leticia Leda Sabino, 30 anos, é administra-
dora de empresas e idealizadora do SampaPé!. Depois de uma temporada na Cidade do México, percebeu que não só era possível viver sem carro, como somente se deslocando a pé podia experimentar realmente a cidade. Decidiu então partilhar sua descoberta, e criou o projeto de mobilidade urbana com foco no pedestre, para levar as pessoas a refletir sobre modos mais conscientes de locomoção.
Posts mais lidos
Categorias
Arquivo

Patrocínio
Banco Itaú
Allianz
Apoio
Ernst & Young
Prêmio
Empreendedor Social
Empresa Vencedora 2º Prêmio Estadão PME
Realização
Associação Abaporu
Desenvolvimento
MSaez Solutions
Comunicação
Mandarim Comunicação