Ciclista deve evitar Avenida Paulista, diz CET

Representante da CET afirmou na 2ª feira (11), na Assembleia Legislativa, que os ciclistas devem evitar aquela via

Notícias
 

Fonte: O Estado de S. Paulo  |  Autor: Caio do Valle  |  Postado em: 13 de junho de 2012

Bicicleta de Juliana Dias, atropelada na avenida P

Bicicleta de Juliana Dias, atropelada na Paulista

créditos: Anderson Barbosa

 

O assistente técnico da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) Flávio Murilo Torres declarou que, pelo fato de duas pessoas usando bicicleta já terem morrido atropeladas por ônibus na Avenida Paulista, esta não seria apropriada para esse tipo de deslocamento.

 

A declaração vai na contramão do recente plano da prefeitura paulistana de estimular o compartilhamento do trânsito entre as bikes e os carros.

 

“Nós não vamos obrigar os ciclistas a não usar a Paulista, mas, caramba, duas mortes envolvendo ônibus e ciclista… Cara, o ciclista vai morrer sempre, entendeu?”, disse Torres durante a sessão de abertura da Frente Parlamentar de Combate aos Motoristas Criminosos.

 

Torres se referia às mortes da bióloga Juliana Dias, de 33 anos, em março deste ano, e da massagista Márcia Prado, de 40, em 2009. Ambas foram atropeladas por coletivos na faixa de ônibus da via.

 

O técnico compareceu ao evento como representante de Marcelo Cardinale Branco, que acumula o cargo de secretário municipal de Transportes e as presidências da CET e da São Paulo Transporte (SPTrans), que gerencia o serviço de ônibus na capital paulista.

 

“Minha opinião pessoal: sou ciclista e andei muito de bicicleta em São Paulo. Eu não vou usar a Paulista, porque quero chegar vivo aonde estou indo. Não é uma obrigação. A CET não vai tirar vocês da Paulista. Acho que é uma consciência também do ciclista”, disse ele, completando que "o ciclista é a parte fraca do sistema, infelizmente".

 

Multa aos motoristas

Desde o mês passado, porém, a CET vem multando os motoristas que não dão prioridade aos ciclistas. Dependendo da infração, a multa pode chegar a R$ 574,62, mais sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

 

O cicloativista Willian Cruz, autor do blog Vá de Bike, também participou do evento e questionou Torres: “Não existem ruas alternativas por onde não passem ônibus para ir do Paraíso à Consolação”, disse. Nem mesmo na via paralela à Paulista, a Alameda Santos, completou. Outro ponto negativo das ruas que ficam ao lado da Paulista, disse Cruz, é que são íngremes, diferente da avenida. Isso desestimula seu uso, esclareceu.

 

Em alguns momentos, a deputada estadual Maria Lúcia Amary, presidente da Frente Parlamentar, teve de acalmar representantes dos dois grupos. “Foi colocado um problema e a CET pode ajudar”, afirmou.

 

Da reunião, participaram também representantes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Secretaria Estadual da Justiça, que concordaram que é preciso ampliar a integração entre polícia e órgãos de trânsito, para tornar mais rígida a fiscalização de infrações, como dirigir embriagado.

 

Prefeitura estuda ciclovia e ciclofaixa no local

Em abril, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) disse que estudava a possibilidade de criar uma ciclofaixa de lazer na Avenida Paulista. Ela funcionaria aos domingos e feriados, como as do Itaim-Bibi, na zona sul, e da Penha, na leste.

 

Na ocasião, Kassab também disse que uma ciclovia – faixa exclusiva que vale para todos os dias – também estava sendo avaliada pela prefeitura naquela avenida.

 

Até hoje, porém, nenhuma das duas propostas foi apresentada pela Secretaria Municipal dos Transportes. Se a ciclovia for construída, atenderá a uma antiga reivindicação dos cicloativistas, já que a Paulista é usada diariamente por muitos ciclistas que, nos horários de pico, convivem com os riscos de um trânsito intenso.

 

Leia também:

 

São Paulo luta para melhorar seu saturado sistema de transportes 

São Paulo inicia programa piloto para táxi elétrico 

Em São Paulo, obra demora e usuários do Metrô protestam 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário