Uma avaliação da caminhabilidade nas cidades brasileiras

PATROCÍNIO

Uma avaliação da caminhabilidade nas cidades brasileiras

Sobre a Campanha

Sua cidade é caminhável? Participe, avalie sua rua, seu bairro, sua cidade!

 

Calçadas do Brasil + 2019 é uma iniciativa de organizações que lutam para melhorar a mobilidade a pé nas cidades brasileiras. A campanha surge como uma continuidade da ação realizada pelo portal Mobilize Brasil em 2012/2013 e que alcançou grande repercussão nacional.

Naquela atividade, ao avaliar as condições das calçadas, notamos que havia outros fatores que poderiam estimular ou inibir a prática da caminhada como forma de transporte urbano. A falta de sinalização, poluição atmosférica, excesso de ruído, ou a velocidade e agressividade do tráfego nas ruas e podem afastar as pessoas desse hábito saudável e sustentável que é a mobilidade a pé.

Afinal, caminhar é a forma mais simples, leve, econômica e de baixo impacto para o transporte urbano, especialmente em deslocamentos de até 2 km. Ao melhorar as condições de circulação dos pedestres, os gestores públicos contribuem para tirar carros das ruas e reduzir os congestionamentos e suas consequências. Mais gente caminhando significa melhor saúde para as pessoas e suas cidades. Cidades caminháveis são mais vivas, vibrantes e atrativas.
 

Alguns passos importantes já foram conquistados pelas pessoas que caminham ou circulam em cadeiras de rodas pelas ruas do país. Desde 2015 está em vigor a Lei de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/12), que reafirma a prioridade de circulação nas ruas para pedestres. E em 2016, a sociedade brasileira ganhou a Lei Brasileira da Inclusão (Lei 13.146/15), documento que define direitos das pessoas com deficiência física e estabelece as obrigações dos governantes, entre elas, a garantia de acessibilidade em ruas e calçadas.

 

O objetivo, desta vez, é avaliar, atribuir notas e fotografar trechos (quadras) de vias públicas em locais onde existam equipamentos públicos, sob responsabilidade de governos municipais, estaduais ou federais, como:
- Terminais de transportes;
- Escolas públicas
- Hospitais e centros de saúde públicos
- Praças e parques
- Tribunais e delegacias de polícia
- Sedes do Executivo, Legislativo e Judiciário

Após as avaliações, vamos elaborar relatórios que serão entregues aos governos de cada cidade. A meta inicial é verificar as condições de caminhabilidade nas 27 capitais do Brasil. Numa segunda fase abriremos a campanha para avaliações em todas as cidades do país.


Assista vídeo da Campanha









Notícias Relacionadas
Galerias Relacionadas