Recife inaugura estação de sistema de bikes comunitárias

Moradores do bairro Caranguejo Tabaiares recebem primeira estação de bicicletas. Gestão do sistema será feito pela própria comunidade

Notícias
 

Fonte: Ameciclo/Mobilize  |  Autor: Marcos de Sousa/Mobilize Brasil  |  Postado em: 13 de março de 2017

Ameciclo inaugura estação de sistema de bikes comu

Estação de bikes: bomba para encher pneus e ferramentas

créditos: Divulgação Ameciclo

Neste domingo (12) os moradores de Caranguejo Tabaiares, comunidade situada na zona oeste do Recife, receberam a primeira estação do sistema de compartilhamento de bicicletas que integra o projeto Bota pra Rodar, da Associação Metropolitana de Ciclistas do Grande Recife (Ameciclo).

 

Para desenvolver o trabalho, a Ameciclo recolhe bicicletas sem uso, realiza oficinas de reparos e reformas e as entrega a comunidades de baixa renda, dentro de um sistema de compartilhamento. Desta forma as bicicletas se tornam públicas para uso de toda a comunidade. Assim, o projeto busca promover o direito à cidade através do uso bicicletas enquanto ferramenta de mobilidade urbana e integração social.

 

As bicicletas foram reformadas em oficinas, nas quais jovens de Caranguejo Tabaiares aprenderam a montar, pintar, coclocar adesivos e fazer a manutenção das bikes. Assim, vinte bicicletas e duas estações de reparo estarão disponíveis para todos na comunidade. A primeira estação foi entregue e inaugurada neste domingo. O projeto incluiu um posto de ferramentas para pequenos reparos, como bombas, chaves e alicates, que podem ser usados por qualquer pessoa, explicou a arquiteta Sabrina Machry, que trabalhou como articuladora local da ação. 

 

Como funciona
Baseado na biblioteca da comunidade, o sistema de compartilhamento funciona de forma simples, tal como uma biblioteca pública: a pessoa se cadastra no sistema e a partir daí passa a ter o direito de utilizar as bikes por um tempo pré-definido. Para usar as bicicletas, ela deve ir à biblioteca, retirar uma chave de cadeado e definir o horário para devolução. E para estimular a pontualidade na entrega, a organização vai dar prêmios aos usuários mais pontuais, explicou Sabrina: "a ideia é evitar punições em caso de atraso, quebra da bicicleta ou outros problemas. O objetivo é criar um senso de unidade, de respeito à comunidade e estimular a difusão da ideia de compartilhamento entre os moradores".



Veja mais fotos da inauguração
 


Leia também:
Bicicleta, um meio de transporte em Recife
TomTom indica: Recife é a 3ª mais congestionada do Brasil
 A carioca que opera o metrô da meia-noite em Salvador


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?