Contra poluição, Bruxelas terá transporte público grátis

Medida valerá para os dias em que a poluição ultrapassar os limites da UE. Além disso, a cidade planeja ter somente ônibus elétricos até 2030

Notícias
 

Fonte: The Guardian  |  Autor: Arthur Neslen / The Guardian*  |  Postado em: 28 de fevereiro de 2018

Tram (bonde ou VLT) em Bruxelas

Tram em Bruxelas: tarifa zero em dias mais poluídos

créditos: Linda Margaret

Bruxelas, na Bélgica, vai oferecer transporte gratuito como forma de reduzir a circulação de veículos, diminuir as emissões de carbono e cumprir as diretrizes da UE sobre qualidade do ar.

 

Depois de dois dias consecutivos de níveis altos de material particulado no ar (acima de 51-70 microgramas por m3), os ônibus, trams (VLTs) e metrô teriam que abrir suas portas completamente livres, de acordo com a nova lei adotada pelo conselho da cidade.

 

Os limites de velocidade para os carros também seriam reduzidos em cerca de um terço e a queima de madeira para fornos seria banida pela lei, que foi encaminhada na semana passada para revisão judicial. Assim, espera-se que a nova legislação passe a vigorar já no próximo verão.

 

Pascal Smet, o secretário de Mobilidade de Bruxelas, disse que a nova lei seria uma espécie de correção de rota em políticas anteriores que beneficiaram os automóveis particulares da cidade durante muitas décadas.

 

"Precisamos criar espaços públicos de qualidade", disse ele ao jornal inglês The Guardian. "A pesquisa mostra que quanto mais espaço você oferece aos carros, mais carros você atrai. De fato, as cidades mais amigas do carro também são as mais congestionadas. Ao dar espaço aos pedestres e ciclistas, as cidades podem criar lugares onde as pessoas se encontram e se conectam ".

 

Os planejadores de Bruxelas agora estão tentando criar uma cidade familiar, boa para crianças, idosos e jovens. "A idéia não é proibir carros da cidade, mas encontrar um novo equilíbrio", disse Smet. 

 

O fracasso de Bruxelas em lidar até agora com o ar tóxico havia envergonhado funcionários e diplomatas da UE durante as reuniões onde discutiam a qualidade do ar no bloco como um todo. Como se sabe, Bruxelas é uma das cidades-sede do Parlamento Europeu.

 

No mês passado, Bruxelas passou a delimitar zonas de baixas emissões, com o objetivo de excluir progressivamente os carros mais poluentes de suas ruas. E até 2030 todos os ônibus da cidade serão eletrificados.

 

Como parte dessa política, os moradores da cidade poderão verificar os níveis de poluição em um app ou em um site em tempo real, para checar quando os limites de poluição são violados. O Guardian observa que essas políticas poderiam ser tomadas como exemplo pelos gestores de Londres, que já em janeiro atingiu seu limite de poluição para todo o ano de 2018. O Reino Unido como um todo tem violado a regulamentação da UE sobre a qualidade do ar desde 2010.

 

Leia o artigo original, em inglês, no link The Guardian.
*Tradução e adaptação por Marcos de Sousa, do Mobilize Brasil

 

Leia também:
Alemanha propõe transporte gratuito para combater poluição
Paris bane temporariamente metade dos carros para conter poluição
Poluição do ar em São Paulo seria 30% maior sem o metrô


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.