Projeto se inspira em milhas aéreas para premiar ciclistas

Jovem empreendedor está desenvolvendo app que contabiliza distâncias percorridas na bike ou patinete elétrico para trocá-las por milhas, produtos ou descontos

Notícias
 

Fonte: Uol / Efe  |  Autor: Uol  |  Postado em: 09 de setembro de 2019

Objetivo da proposta é estimular novos modos de de

Objetivo da proposta é estimular novos modos de deslocamento

créditos: Agência Senado

Pedalar em troca de milhas é a principal proposta da Ecomilhas, um projeto de mobilidade urbana sustentável inspirado no sistema de prêmios de milhas aéreas e que foi criado no Brasil por um jovem empreendedor.

 

A ideia, uma das finalistas do prêmio Empreenda Santander, visa promover o uso do transporte "limpo" no país, cujas maiores cidades estão entre as mais congestionadas do mundo.

 

O projeto idealizado pelo estudante de engenharia de alimentos Lucas Nicoletti é um dos finalistas do prêmio Empreenda Santander 2019, um dos maiores programas de incentivo ao emprendedorismo no Brasil e que é destinado a universitários, startups e universidades que oferecem capacitação a microempreendedores.

 

A Ecomilhas surgiu com o objetivo de mudar os hábitos de mobilidade de milhões de brasileiros que optam diariamente pelo transporte privado e estimular assim novas formas de deslocamento graças à gamificação.

 

O aplicativo, ainda em processo de desenvolvimento, pretende contabilizar os quilômetros percorridos pelo usuário em um meio de transporte "limpo", como bicicleta e patinetes elétricos, em troca por milhas, que podem render passagens aéreas, produtos ou descontos graças a parceiras com diversas empresas.

 

O projeto idealizado por Nicoletti, estudante de engenharia de alimentos da Universidade de São Paulo (USP), é um dos dez contemplados na categoria Universitário Empreendedor do Empreenda Santander 2019.

 

"O programa Empreenda Santander é um incentivo para continuar com o meu propósito de empreender. Prefiro me aproximar das letras CNPJ, de pessoa jurídica, do que das letras CLT, como assalariado de uma empresa", afirmou Nicoletti.

 

A categoria Universitário Empreendedor procura apoiar e desenvolver ideias inovadoras. O projeto ganhador receberá um aporte financeiro de R$ 30 mil, uma bolsa de estudos e uma mentoria realizada pela ACE.

 

Leia também:
Equipamento na bike mapeia riscos em rotas de ciclistas
Bicicleta - Como vivem os entregadores ciclistas em SP
Bicicleta no dia a dia – dicas para encarar a chuva
Empresa de entregas em bike ganha prêmio internacional de energia limpa


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.