24/10/14

Maceió: VLT agrada passageiros em 1ª viagem

Novo trem entra em operação sem protestos de líderes comunitários, que foram mobilizados para evitar desgaste político

Notícias
Fotos
 

Autor: Gazeta de Alagoas  |  Postado em: 11 de outubro de 2011

O percurso será Maceió/Satuba

O percurso será Maceió/Satuba

créditos: Alagoas24Horas

Suave e silenciosa. A primeira viagem do novo trem de passageiros foi marcada por sorrisos de satisfação dos passageiros. O solavanco é menor, a poltrona mais confortável, tem som ambiente e ar condicionado. Quem estava dentro gostou, mas muita gente ficou do lado de fora e reclamou da demora para reformar as estações de Fernão Velho, Mutange e Flexal (agora também chamada Sururu de Capote). Não houve adaptação na altura das plataformas e o trem não parou lá, conforme antecipou a edição da Gazeta do último sábado.
 

A ameaça de manifestações públicas para barrar a passagem do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) mobilizou a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). O superintendente da CBTU. Marcelo Aguiar, manteve contatos telefônicos com os líderes comunitários para convencê-los a desistir dos protestos. “Até o final do mês, as estações estarão adaptadas para receberem o VLT”, garantiu.

 
Companhia promete melhorar sistema
 

Durante a primeira viagem do VLT, a CBTU anunciou a chegada do terceiro trem ainda neste mês de outubro, além de outras medidas para melhorar o sistema, ainda com a utilização do recurso de R$ 171 milhões já enviados para o projeto. Segundo o superintendente Marcelo Aguiar, haverá a construção ou recuperação de oito estações: Mercado, Bom Parto, Sururu de Capote (no Flexal), Mutange, Goiabeira, Fernão Velho, ABC e Utinga (em Satuba).
 

Otimista, o senador Benedito de Lira garante que a segunda etapa do VLT, com a ampliação do percurso até o Aeroporto de Maceió, é apenas uma questão de tempo. Ele só não quis dizer quanto tempo. Segundo ele, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) já contemplou o VLT de Maceió com mais R$ 280 milhões, mas o projeto precisa de R$ 450 milhões.Mais notícias sobre Maceió:

 

 

Mais notícias sobre Maceió- AL:

VLT começa a operar nesta segunda-feira em Maceió

Maceió realiza desafio intermodal e Dia Mundial Sem Carro

Prefeitura de Maceió vai substituir ônibus por VLT na Fernandes Lima

Transporte público de Maceió é sinônimo de espera e sufoco

 


 


  • Compartilhe:

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário