'Manôbike' começa a funcionar a partir desta quinta (29) em Manaus

Com 11 estações, sistema de bicicleta compartilhada é implantado no Centro da capital do Amazonas. Além disso, cidade ganha uma primeira ciclofaixa

Notícias
 

Fonte: D24AM  |  Autor: D24AM  |  Postado em: 28 de setembro de 2016

Estação da Manôbike em Manaus, ainda sem as bicicl

Estação da Manôbike em Manaus, ainda sem as bicicletas

créditos: Eraldo Lopes/ DA

 

Começa a funcionar, a partir desta quinta-feira (29), o sistema de bicicletas compartilhadas em Manaus, o Manôbike, o segundo projeto deste tipo na Região Norte. 

 

O diretor de planejamento do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Laurent Troost, informou que foram instaladas 11 estações no entorno do Centro da cidade. De acordo com ele, os ciclistas vão circular em uma ciclorrota, que já está sendo implantada. O sistema será operado pela empresa Samba Transportes Sustentáveis.  

 

A ideia, segundo Troost, é disseminar o uso de ‘bike’ na capital de forma compartilhada com os demais veículos. O projeto acata uma das recomendações propostas pelo Plano de Mobilidade Urbana (Plamob) assinado este ano pelo prefeito Arthur Neto. 

 

A previsão, segundo o Implurb, é de que até o final do ano, todas as 11 estações estejam cobertas pela ciclorrotas e em pleno funcionamento.

 

As estações foram implantadas nas proximidades do Colégio Militar, na Praça do Congresso, Beneficente Portuguesa, Teatro Amazonas, Galeria Espírito Santo, Praça Dom Pedro II, Praça da Matriz/Eduardo Ribeiro, Praça Heliodoro Balbi, Mercado Municipal Adolpho Lisboa, Igreja Nossa Senhora dos Remédios e Parque Jefferson Péres.

 

Ciclofaixa

De acordo com Troost, nesta quinta-feira (29), todas as 11 estações entrarão em funcionamento. Ele explicou que junto com ela, entrará em funcionamento um trecho da ciclofaixa, que já vai interligar as estações da Avenida Eduardo Ribeiro com Rua 10 de Julho, Avenida Getúlio Vargas, Teatro Amazonas e Praça Heliodoro Balbi. 

 

“Esse é o projeto piloto da ciclofaixa e vai ser lançado agora, mas até o final do ano, toda a extensão programada estará em funcionamento. Estamos implantando na área central, mas acreditamos que não vai ficar por ai. Vamos procurar expandir para outras áreas da cidade. Primeiro vamos trabalhar nessa questão da conscientização de que é possível carro e bicicleta andarem lado a lado”, destacou Troost.

 

Funcionamento 

O sistema vai funcionar de segunda-feira a domingo, das 6h às 23h, para retirada do equipamento, e 24 horas por dia para devolução. As bicicletas, cujo sistema é alimentado por energia solar, são 100% nacionais. Ao todo, serão 110 bikes disponíveis para as 11 estações iniciais.

 

O diretor de planejamento do Implurb, Laurent Troost, informou que o pagamento para a utilização será feito somente por meio do cartão de crédito. Para isso, os interessados devem fazer cadastro no aplicativo ou no site, que também serão lançados, no dia 29. 

 

O usuário da Manôbike terá a opção de adquirir o passe diário pelo valor de R$ 5 ou o passe mensal, que poderá ser adquirido por R$ 10. De acordo com o Implurb, de segunda a sábado, o uso pode ser de 60 minutos ininterruptos, quantas vezes por dia o usuário desejar, desde que respeite o intervalo de 15 minutos entre as viagens. Aos domingos e feriados, o uso passa a ser de 90 minutos.

 

Leia também:

Manaus: sistema de bicicletas compartilhadas começa em setembro 

Centro de Manaus terá bicicletário, mas estrutura dos pontos é questionada

Projeto para instalação de bicicletários em escolas é aprovado em Manaus 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?