Tráfego é a maior fonte de poluição sonora nas cidades, aponta estudo

Pesquisadores belgas mediram emissões de ruído de vias em diferentes partes do mundo, para avaliar seu impacto ambiental e propor modos de reduzir danos às pessoas

Notícias
 

Fonte: Agência FAPESP/ Mobilize (edição)  |  Autor: Elton Alisson  |  Postado em: 15 de outubro de 2018

Poluição sonora dos carros é medida em pesquisa be

Poluição sonora dos carros é medida em pesquisa belga

créditos: Reprodução

"O tráfego rodoviário é a fonte mais importante de emissões de ruído em ambientes urbanos", afirma Dick Botteldoren, professor da Ghent University, renomada instituição pública de ensino na Bélgica.

Auxiliado por redes de sensores, o pesquisador e seu grupo acadêmico têm medido e modelado nos últimos anos as emissões de ruído pelo tráfego rodoviário em diferentes lugares no mundo, com o objetivo de avaliar e reduzir o impacto ambiental dessa fonte poluidora nas cidades.

Na última terça-feira (9), parte dos resultados desses estudos foram apresentados em palestra na Fapesp Week Belgium, encontro que reuniu pesquisadores brasileiros e belgas com o objetivo de estreitar parcerias em pesquisa.

Redução do ruído
“Desenvolvemos nos últimos anos modelos dinâmicos de previsão de ruído, que combinam simulação de tráfego com níveis de ruído e modelos de propagação e difusão”, disse Botteldoren. 

Apoiados nos modelos matemáticos, os pesquisadores pretendem fornecer subsídios para que as cidades possam projetar ruas com níveis mais reduzidos de ruídos para os pedestres, por exemplo incrementando o plantio de árvores, para, assim, melhorar a qualidade de vida da população.

“As árvores são um meio natural para o controle de ruído nas cidades, uma vez que contribuem para a diminuição da propagação do som”, explicou o pesquisador. 

Os pesquisadores já implantaram estações de monitoramento de som na Bélgica nas cidades de Ghent, Antuérpia e Bruxelas, além de Roterdã, na Holanda, e Paris, na França.

Leia também: 
Cidades da Europa vão testar aplicativo para estimular circulação a pé
Ônibus a diesel: muito barulho, muitos problemas de saúde
O espaço público como objeto de transformação social
Qual a solução mais sustentável para os engarrafamentos em SP?


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.