Em Vitória (ES), audiência pública discute bicicletas e ciclovias

Debate acontece na Semana de Incentivo ao Ciclismo, que segue até esta sexta-feira (25) na capital capixaba

Notícias
 

Fonte: Século Diário  |  Autor: Henrique Alves / Século Diário  |  Postado em: 24 de agosto de 2017

Ciclovia em Vitória

Ciclovia no Centro de Vitória: desafio é ocupar a Rio Branco

créditos: Foto: André Sobral/ Prefeitura de Vitória

A discussão em torno da implantação de uma ciclovia na avenida Rio Branco, em Vitória, resume o espírito da audiência pública que acontece hoje (24), na Câmara de Vitória, cujo tema é “Mobilidade Mais Humana”. “Quando é para sacrificar espaço para os automóveis, todo mundo pula. Todo mundo acha bonitinho uma ciclovia, mas na rua do vizinho. Igual feira livre, né”, questiona Fernando Braga, da União de Ciclistas do Brasil (UCB). 

Depois de um bom tempo, um debate público volta a discutir o uso da bicicleta como modal de transporte em Vitória e a implantação da ciclovia da Rio Branco é exemplo das dificuldades de redefinir padrões de mobilidade em Vitória. Apresentado em 2015 pela prefeitura, o projeto emperrou no temor de perda de vagas de estacionamento na avenida.
 
Uma proposta alternativa chegou a ser apresentada pelo engenheiro civil e dono de construtora Luiz Carlos Menezes. Fernando Braga condena a ideia. A proposta do engenheiro prevê a ciclovia no canteiro central, o que, para Braga, significa manter a primazia dos carros na rua ao preservar as vagas de estacionamento. “É um projeto de engenharia dos anos 50”, critica.
 
“Precisamos resgatar a equidade na ocupação do espaço urbano”, pondera. Isso significa que, em Vitória, ruas e avenidas continuam a ser feitas para os carros e não para as pessoas, o que, para o ciclocloativia, interfere negativamente nas relações humanas. O exemplo é singelo: em ruas de tráfego intenso, a convivência é menor. “É na rua onde a gente vive nossas grandes emoções”. 
 
Ele diz que não viu tanta comoção com o sacrifício de vagas de automóveis para ciclovias no Rio de Janeiro, onde está uma vez por mês. “Estacionamento é catalisador de engarrafamentos. Onde não há estacionamento, as pessoas irão procurar outras alternativas”, pondera.
 
Incentivo ao ciclismo
A audiência pública, que acontece a partir de 18h30, na Câmara, foi proposta pelo vereador Davi Esmael (PSB) e integra a Semana Municipal de Incentivo ao Ciclismo, que vai até sexta-feira (25). A proposta é debater temas como Zona Segura de Velocidade (Zona 30), ciclorrotas, ciclofaixas, parklets, manutenção das ciclovias, faixa exclusiva para o transporte coletivo e acessibilidade.
 
Além de Fernando Braga, da UCB, participam do debate o secretário municipal de Trânsito, Transporte e Infraestrutura de Vitória, Tyago Hoffamn; o engenheiro da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade (Sedec) Leonardo Schultz para falar do Plano Municipal de Mobilidade Urbana; representantes do Projeto Bike Anjo; e o arquiteto e urbanista Gregório Repsold.

Leia também:
Mapa das Ciclovias de Vitória

  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.