#CadêMinhaCalçada? Intervenção urbana cobra passeios em Maceió

Para chamar a atenção da Prefeitura, duas estudantes instalam placas com frases provocativas na principal avenida do bairro Santa Amélia, na capital alagoana

Notícias
 

Fonte: Gazetaweb  |  Autor: Mariane Rodrigues  |  Postado em: 31 de outubro de 2017

Prefeitura faz obra na pista, mas não constrói cal

Prefeitura faz obra na pista, mas não constrói calçadas

créditos: Divulgação

Duas estudantes do curso de Arquitetura decidiram fazer uma intervenção urbana em Maceió, com o propósito de chamar a atenção da Prefeitura para a falta de calçadas no trecho de dois quilômetros da principal avenida do bairro da Santa Amélia.  

Placas com perguntas provocativas foram fixadas nos locais, com frases que destacam a dificuldade de cadeirantes transitarem pelo local. As próprias estudantes confeccionaram as placas, colocadas no último dia 24. 

Carol Cunha, uma das estudantes, explica que o objetivo do projeto é mostrar à população que as pessoas têm o direito de andar por locais acessíveis.  

"O morador tem o compromisso de cuidar, não de fazer", enfatiza a estudante, que acrescenta: "Estão recapeando a pista, e não estão pensando na calçada, não pensam no pedestre", desabafou..  

Intervenção denuncia a falta de calçada em avenida da Santa Amélia, em Maceió. Foto: Divulgação

Ela conta que pessoas com deficiência física, por exemplo, evitam passar por ali, pela total falta de acessibilidade. Também mulheres com carrinhos de bebês, ao passarem pelo local, precisam colocar as crianças nos braços, porque há obstáculos. Há registro de gente que já se machucou com os buracos e pedras espalhados pelo caminho, conta a estudante.

E a futura arquiteta aponta a solução: "Uma calçada nivelada, com rampas acessíveis, piso tátil, iluminação pública adequada e arborização. São essas as características principais para uma calçada, principalmente em uma via pública com tanto movimento como esta".  

Asfalto primeiro, depois calçada
A resposta da Prefeitura sugere que, nestas obras em andamento, o pedestre não será mesmo priorizado. Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) informou que está trabalhando na recuperação do asfalto da região; e que só posteriormente vai estudar a realização do projeto para construção de calçadas. 

Confira na íntegra a nota da Prefeitura:
"A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) informa que está trabalhando na recuperação do asfalto da Avenida Jorge Montenegro Barros, a principal da Santa Amélia. A via foi bastante prejudicada pelas chuvas do meio do ano e terá 4,5 km de pista recuperados. Sobre a solicitação de calçada, informamos que, passado este momento, o órgão vai estudar a realização de projeto do passeio para o local."

Leia também:
“Nenhum outro governo fez tantas pontes e viadutos”
Ação no Move em BH mostra dificuldade de acesso aos deficientes
A difícil locomoção na região do Hospital das Clínicas, em S. Paulo
O desafio de andar pelas calçadas de Salvador


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?