Projeto "Se essa rua fosse minha" começa neste domingo (29) em Natal

Sem carros, o bairro Ribeira foi escolhido para abrigar a primeira edição do projeto que quer resgatar para o natalense uma área histórica da cidade

Notícias
 

Fonte: Prefeitura de Natal  |  Autor: Prefeitura de Natal/ Mobilize  |  Postado em: 27 de novembro de 2015

Teatro e outros prédios históricos destacados no p

Teatro e outros prédios históricos destacados no projeto

créditos: Divulgação/Prefeitura de Natal

 

O projeto cultural “Se Essa Rua Fosse Minha...”, da Prefeitura do Natal, aconbtece em primeira edição no próximo domingo (29) no bairro Ribeira, que é um reduto histórico e boêmio da cidade.

 

A iniciativa ocupará uma das faixas da avenida Duque de Caixas, entre o Teatro Alberto Maranhão e a avenida Gustavo Cordeiro de Farias. O quadrilátero lateral do teatro será bloqueado para a passagem de carros, das 15 às 21 horas, para que o espaço dê lugar a atividades como caminhada, patinação, ciclismo e skatismo.

 

No local, o público presente poderá ainda participar de um minicircuito histórico, apreciar a mostra fotográfica “Natal Cidade Memória” e exposição de carros antigos. Haverá também foodtrucks, na praça de alimentação montada na praça Augusto Severo, além de apresentações artísticas, serviços de saúde, oficinas de beleza, feirinha de artesanato, entre outras atrações. 

 

O projeto-piloto é coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e pelo Grupo para Projetos Estruturantes da Ribeira e Entorno (Coopere), contando ainda com o apoio de outras secretarias da Prefeitura. 

 

A ideia do projeto é dar visibilidade à Ribeira, despertando novamente nos natalenses o sentimento de identificação e de vínculo com o bairro e sua história, explica a secretaria adjunta de Planejamento da Semurb, Florésia Pessoa: “Esperamos que o natalense se identifique com o projeto, que busca essa reaproximação com a história da cidade”.

 

A avenida Duque de Caxias foi escolhida para esta primeira intervenção por acolher ao longo de sua extensão prédios históricos e de relevância cultural. A equipe de técnicos da Semurb estará no local recebendo da população sugestões para a reabilitação do bairro, informa a prefeitura.

 

Leia também:

Menos carros, mais árvores = mais pedestres 

Quando a rua é nossa 

A partir do dia 18, Av. Paulista será aberta às pessoas todos os domingos 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?