Trem autônomo será testado em linha movimentada de Tóquio

Por alguns dias neste final do ano, e após o horário de operação, o trem sem condutor percorrerá toda a linha Yamanote a uma velocidade de 34,5 km/h

Notícias
 

Fonte: Portal Mie  |  Autor: Portal Mie  |  Postado em: 20 de dezembro de 2018

Testes na Linha Yamanote serão nos novos trens E23

Testes na Linha Yamanote serão nos novos trens E235

créditos: Wikipedia

 

A East Japan Railways Co (JR East) anunciou que planeja testar um trem autônomo na linha Yamanote durante os feriados de fim e início de ano. Os testes serão conduzidos usando a mais recente série de trens E235 na Linha Yamanote. E só após o último trem em serviço nos dias 29 e 30 de dezembro, e 5 e 6 de janeiro.

 

O trem sem condutor vai percorrer o trajeto inteiro da linha Yamanote a uma velocidade de 34,5 km/h para verificar as funções de controle do veículo, que incluem: aceleração e desaceleração, e o conforto de viagem do passageiro, divulgou a Fuji TV.

 

A JR East disse que atualmente está desenvolvendo uma operação de trem automático de alto desempenho – ATO, Automatic Train Operation – que controla todas as fases das operações do trem, como responder a atrasos e limitações de velocidade repentinas.

 

O Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo do Japão também está considerando rever os atuais padrões de licenças para condução de trem, num esforço para desenvolver ainda mais a operação automática no futuro.

 

Em uma conferência realizada nesta semana, o presidente da JR East, Yuji Fukasawa, apontou obstáculos à tecnologia, como a necessidade de garantir a segurança dos passageiros nas plataformas de trem e trilhos.

 

Hoje, de acordo com os regulamentos, trens autônomos estão limitados a rotas ferroviárias que têm estrutura elevada, para evitar que as pessoas avancem na área dos trilhos ou estações onde portões de segurança com “portas inteligentes” são instalados.

 

A Yamanote é uma das linhas mais movimentadas de Tóquio, pois serve aos principais pontos de interesse da cidade: Shinjuku, Shibuya, Marunouchi e a Estação de Tóquio, Ueno, Akihabara e Ikebukuro.

 

Leia também:
Metrô sair mais cedo é motivo para pedir desculpa? No Japão sim
Carros e ônibus autônomos vão operar em dez áreas do Japão
Com metrô, viajante descobre Tóquio sem falar nada de japonês
Um VLT autônomo, a novidade da Siemens
Ônibus elétrico autônomo é testado em cidade do Canadá


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.