Em Brasília, o "Pedestre pede Passagem"

Campanha pede readequação das travessias sob as pistas do principal corredor viário da capital federal. Passagens são "armadilhas" para pedestres

Notícias
 

Fonte: Mobilize Brasil/Brasília para Pessoas  |  Autor: Uirá Lourenço/Brasília para Pessoas  |  Postado em: 20 de novembro de 2019

Em Brasília, o

Pressione: envie mensagem para o Governo do Distrito Federal

créditos: Brasília para Pessoas

Abandonadas há décadas, as passagens subterrâneas de pedestres de Brasília já foram até objeto de um concurso de arquitetura para sua readequação. Projetos foram premiados, mas as obras nunca foram realizadas. Agora, ativistas brasilienses fazem uma campanha para sensibilizar o Governo do Distrito Federal

Conheça e participe da campanha "Pedestre pede Passagem". Envie mensagem para o GDF

 

"Mais de 80 mil pessoas atravessam diariamente o "Eixão", e enfrentam o dilema: se arriscar por baixo nas passagens destruídas, sujas e escuras, ou se aventurar-se por cima, entre os carros em alta velocidade.

Dura realidade de quem atravessa o Eixão:   
Alto risco por baixo e também na superfície...
 

Em novembro, o GDF deve começar a reforma das tesourinhas (passagens para carros sob o Eixão) e não há qualquer previsão de reformar as passagens para pedestres. O recapeamento das pistas no Eixão Norte e Sul está em ritmo acelerado. 


Portanto, precisamos pressionar o GDF e mostrar a importância de pensar também nos que caminham e pedalam pela cidade. Brasília para Pessoas e Íthaka participam da turma de formação Mobilizadores, da rede Nossas Cidades, com o objetivo de mobilizar as pessoas em busca de cidades melhores.

Outros grupos se juntaram nessa campanha: Bike Anjo DF, Instituto MDT, Mobilize e Rodas da Paz.

 

Além da campanha virtual, estaremos no Eixão nos dias de semana e aos domingos para observar as condições de travessia e conversar sobre humanização na cidade. Vem junto com a gente!!!


Envie uma mensagem para o presidente da Novacap:

Sr. Cândido Teles de Araújo 
Diretor Presidente da Novacap
[email protected]
 

O Eixão é uma via com alto limite de velocidade (80 km/h), por onde atravessam mais de 80 mil pessoas todo dia, segundo dados oficiais do DER-DF. Apesar do número expressivo de travessias – pessoas de todas as idades que precisam atravessar para chegar ao trabalho ou à escola –, as passagens subterrâneas da Asa Norte e da Asa Sul estão em total estado de abandono.
 

Os pedestres enfrentam o dilema: se arriscar por baixo, nas passagens sujas e destruídas, ou se arriscar por cima, no meio dos carros em alta velocidade. Os números confirmam a insegurança: entre 2014 e 2018, 87 pedestres foram atropeladas no Eixão. Apesar disso, a situação de abandono continua. 
 

O GDF anunciou recentemente obras para reformar as tesourinhas e contamos com a sensibilidade das autoridades para aproveitarem a oportunidade e reformar as passagens subterrâneas do Eixão, de forma a garantir acessibilidade e segurança nas travessias. Com piso reformado, rampas acessíveis, policiamento (a pé e de bicicleta), as passagens vão garantir tranquilidade à população e certamente ocorrerão menos mortes. Contamos com seu apoio!

 

Se preferir, acesse diretamente a página da Campanha: http://www.pedestrepedepassagem.bonde.org



Veja um vídeo sobre o problema das passagens:



Leia também:
Em Brasília, pedestres arriscam-se sob a via expressa
Balanço da (I)mobilidade: Brasília no rumo certo?
Buraco na calçada é a maior reclamação do pedestre em SP
Campanha pede mais tempo para o pedestre na travessia de semáforos


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário