Buraco na calçada é a maior reclamação do pedestre em SP, diz pesquisa

Levantamento da Rede Nossa São Paulo, divulgado hoje (6), aponta ainda que os paulistanos caminham, em média, 15 minutos por dia

Notícias
 

Fonte: G1  |  Autor: G1/ Mobilize (edição)  |  Postado em: 06 de agosto de 2019

Caminhar é comum a quem mora ou trabalha no Centro

Caminhar é comum a quem mora ou trabalha no Centro

créditos: Arquivo Mobilize

Uma pesquisa da Rede Nossa São Paulo, divulgada nesta terça-feira (6), demonstrou que a maioria dos pedestres da capital tem como principal reclamação os buracos nas calçadas. A maioria das queixas de buracos foi feita por moradores das zonas norte, oeste e sul.

 

Realizado com 800 pessoas entre os dias 3 e 23 de abril, o levantamento aponta ainda que os paulistanos caminham, em média, 15 minutos por dia. Nesse período de tempo, outro dado da pesquisa revela que "a padaria" é o lugar mais citado pelos entrevistados para ir a pé, em três das cinco regiões da capital.

 

A segunda maior causa de reclamações são problemas com a irregularidade das calçadas, seguida pelas calçadas estreitas. A irregularidade ficou na frente entre as reclamações de moradores da zona leste e centro.

 

Quedas

A pesquisa mostra também que 74% dos entrevistados já caíram ou já viram alguém cair pela cidade. Em nota, a Prefeitura informou que o projeto de padronização das calçadas, lançado em abril, está em análise e faz parte do plano de metas de 2020.

 

Pesquisa

Em 8 de agosto é celebrado o Dia Mundial do Pedestre. Para propor uma reflexão sobre o tema, a Rede Nossa São Paulo, em parceria com o Ibope Inteligência, realizou a pesquisa “Viver em São Paulo: Pedestre”, que investigou hábitos, percepções e desafios das paulistanas e paulistanos ao andar a pé na cidade.

 

Participaram da elaboração da pesquisa Viver em São Paulo as organizações SampaPé!, Cidade a Pé, Cidade Ativa, Corrida Amiga e Pé de Igualdade, este último com blog de Meli Malatesta, no Mobilize.

 

A apresentação da pesquisa faz parte dos eventos da Semana do Caminhar, que acontece entre os dias 4 e 10 de agosto. 

 

Clique aqui para ver a pesquisa na íntegra.


Leia também:
Mobilidade a pé na Cidade de São Paulo
Andar a pé: um modo de transporte para a cidade de São Paulo
Avaliação de 25 passarelas da cidade de São Paulo
Em SP, Estatuto do Pedestre ainda não vigora. Desde 2017
Prefeitura de SP anuncia plano de recuperar 1,5 mi de m² de calçadas


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário