RJ: Elevadores do Cantagalo completam um ano

Os dois elevadores panorâmicos que ligam a comunidade do Cantagalo à estação do metrô General Osório, em Ipanema, na Zona Sul do Rio, completam um ano nesta quinta-feira.

Notícias
 

 |  Autor: Jornal do Brasil  |  Postado em: 30 de junho de 2011

Local é ponto turístico

Local é ponto turístico

créditos: Jornal do Brasil

"O elevador é uma das principais ações do governo no que diz respeito à integração social. Antes da construção do equipamento, o local estava em situação de completa degradação, com lixão a céu aberto, e total desordem urbana. Hoje, os moradores da comunidade têm seu direito de ir e vir garantido, com alto padrão de mobilidade. O resultado da operação neste primeiro ano está mais que aprovado, e é neste ritmo que continuaremos trabalhando", comemorou o secretário de Transportes, Julio Lopes.


Considerados um exemplo de integração social e mobilidade, os elevadores instalados no Complexo Rubem Braga - que conta com duas torres e irá receber até o início de agosto uma unidade do Rio Poupa Tempo - já fazem parte do roteiro turístico desenvolvido pelo projeto Rio Top Tour, da Secretaria de Esporte e Lazer.


Local faz parte do roteiro turístico desenvolvido pelo Rio Top TourEm breve, os elevadores cariocas receberão placas de sinalização turísticas que informam a história do local. "O grande sucesso de valorização do potencial turístico dos morros cariocas, evidenciado com o lançamento do Rio Top Tour na Comunidade Santa Marta, chegou ao complexo Rubem Braga. Estudantes de turismo do Colégio Estadual Prado Junior recebem qualificação para atender a demanda de turistas que vão conhecer os atrativos do local", explicou a secretária de Esporte e Lazer, Marcia Lins.


Do “Mirante da Paz”, que fica no ponto mais alto do complexo, é possível ver a praia de Ipanema e cartões-postais da cidade, entre eles a Pedra da Gávea, o Cristo Redentor e a Lagoa Rodrigo de Freitas. As próprias torres, revestidas por lâminas metálicas coloridas em dégradé de tons de verde e azul, chamam a atenção de quem passa pela Rua Teixeira de Melo.


"Não é a primeira vez que subo ao mirante para apreciar essa linda vista da cidade do Rio de Janeiro. Ver Ipanema e a comunidade do Cantagalo daqui do alto é incrível. Já conheci o Corcovado e o Pão de Açúcar, mas esse local é diferente. Com certeza ajudará a atrair mais turistas à comunidade. Para mim, a praia é a imagem mais bela que vemos daqui de cima. É linda demais. E as modernas torres dão um show a parte", disse o economista holandês Iago Smith.


Moradores e guias turísticos


Além de ponto turístico, os equipamentos permitem, desde 30 de junho do ano passado, com que os mais de 10 mil moradores das comunidades possam fazer o longo percurso entre suas casas e o asfalto em cerca de cinco minutos. O auxiliar de expediente Rafael Paquiel, de 27 anos, foi um dos que festejaram o fim do “sobe e desce” pelos quase 700 degraus da escadaria dos morros. Sempre que pode dá uma paradinha no mirante e vira guia turístico.


"Eu uso os elevadores todos os dias para ir ao trabalho, e sempre que tenho um tempinho venho conferir a vista do Mirante da Paz. Hoje, trouxe minha tia Lindalva, que veio de Minas Gerais, para ver a maravilhosa vista daqui do alto. Estou sempre trazendo alguém. Depois da pacificação e da inauguração desses equipamentos, nós começamos a receber mais visitas. Antes, por medo da violência, muitos não tinham coragem de subir na comunidade", afirmou.


Cariocas veem o morro de perto pela primeira vez


As amigas Dalvanize Bessa e Marilza Demasceno aproveitaram uma folga no trabalho para passear pela cidade e incluíram em seu roteiro o Mirante da Paz. Moradoras de Copacabana e do Flamengo, bairros vizinhos às comunidades, Dalvanize e Marilza se impressionaram com a vista do local e com a tranquilidade nos morros. Para a analista de sistemas Marilza, o complexo significa integração entre os moradores de diferentes realidades sociais.


"Desde que o complexo foi inaugurado, me programava para subir ao mirante e ver de perto as comunidades e os cartões postais. Hoje, arrumei um tempinho e fiz questão de conferir a nova atração da cidade. A vista é espetacular e quero voltar mais vezes, afinal moro muito perto daqui. E é importante ter essa proximidade com o Pavão-Pavãozinho e Cantagalo", contou.

 

Em breve, os elevadores cariocas receberão placas de sinalização turísticas que informam a história do local. "O grande sucesso de valorização do potencial turístico dos morros cariocas, evidenciado com o lançamento do Rio Top Tour na Comunidade Santa Marta, chegou ao complexo Rubem Braga. Estudantes de turismo do Colégio Estadual Prado Junior recebem qualificação para atender a demanda de turistas que vão conhecer os atrativos do local", explicou a secretária de Esporte e Lazer, Marcia Lins.


Do “Mirante da Paz”, que fica no ponto mais alto do complexo, é possível ver a praia de Ipanema e cartões-postais da cidade, entre eles a Pedra da Gávea, o Cristo Redentor e a Lagoa Rodrigo de Freitas. As próprias torres, revestidas por lâminas metálicas coloridas em dégradé de tons de verde e azul, chamam a atenção de quem passa pela Rua Teixeira de Melo.


"Não é a primeira vez que subo ao mirante para apreciar essa linda vista da cidade do Rio de Janeiro. Ver Ipanema e a comunidade do Cantagalo daqui do alto é incrível. Já conheci o Corcovado e o Pão de Açúcar, mas esse local é diferente. Com certeza ajudará a atrair mais turistas à comunidade. Para mim, a praia é a imagem mais bela que vemos daqui de cima. É linda demais. E as modernas torres dão um show a parte", disse o economista holandês Iago Smith.


Moradores e guias turísticos


Além de ponto turístico, os equipamentos permitem, desde 30 de junho do ano passado, com que os mais de 10 mil moradores das comunidades possam fazer o longo percurso entre suas casas e o asfalto em cerca de cinco minutos. O auxiliar de expediente Rafael Paquiel, de 27 anos, foi um dos que festejaram o fim do “sobe e desce” pelos quase 700 degraus da escadaria dos morros. Sempre que pode dá uma paradinha no mirante e vira guia turístico.


"Eu uso os elevadores todos os dias para ir ao trabalho, e sempre que tenho um tempinho venho conferir a vista do Mirante da Paz. Hoje, trouxe minha tia Lindalva, que veio de Minas Gerais, para ver a maravilhosa vista daqui do alto. Estou sempre trazendo alguém. Depois da pacificação e da inauguração desses equipamentos, nós começamos a receber mais visitas. Antes, por medo da violência, muitos não tinham coragem de subir na comunidade", afirmou.


Cariocas veem o morro de perto pela primeira vez


As amigas Dalvanize Bessa e Marilza Demasceno aproveitaram uma folga no trabalho para passear pela cidade e incluíram em seu roteiro o Mirante da Paz. Moradoras de Copacabana e do Flamengo, bairros vizinhos às comunidades, Dalvanize e Marilza se impressionaram com a vista do local e com a tranquilidade nos morros. Para a analista de sistemas Marilza, o complexo significa integração entre os moradores de diferentes realidades sociais.


"Desde que o complexo foi inaugurado, me programava para subir ao mirante e ver de perto as comunidades e os cartões postais. Hoje, arrumei um tempinho e fiz questão de conferir a nova atração da cidade. A vista é espetacular e quero voltar mais vezes, afinal moro muito perto daqui. E é importante ter essa proximidade com o Pavão-Pavãozinho e Cantagalo", contou.

 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.