Em Fortaleza, Categoria e empresas não fecham acordo

Tentativa de acordo foi frustrada.

Notícias
 

 |  Autor: Diário do Nordeste  |  Postado em: 28 de julho de 2011

Greve de ônibus

Greve de ônibus

créditos: Diário do Nordeste

Mais uma tentativa de acordo envolvendo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-CE) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) foi frustrada. A situação aumenta as chances de uma nova greve de motoristas, cobradores e fiscais em Fortaleza. A categoria já se encontra em estado de greve desde o começo deste mês.


A reunião entre os representante dos sindicatos foi realizada ontem, das 9 às 13 horas, na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) da 7ª Região. Segundo nota do Sindiônibus, o processo de negociação não evoluiu e, por isso, o sindicato deu entrada em uma ação de dissídio coletivo junto ao TRT.


O objetivo da medida, de acordo com o informativo, "é evitar uma eventual greve e garantir o acesso da população fortalezense ao serviço essencial de transporte coletivo, bastando uma assinatura do Sintro-CE para tal".


O Sintro-CE já havia informado que, caso não houvesse acordo, uma nova assembleia geral aconteceria hoje a fim de decidir as datas de paralisações dos ônibus. As negociações deste ano foram iniciadas no começo do mês de maio. Na última reunião dos sindicatos, ocorrida no dia 20 de julho, o Sintro-CE, que até então pedia um aumento de 33%, reduziu o valor do reajuste para 15%.

 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.