Acessibilidade Sobre Rodas

28
janeiro
Publicado por Raquel Paoliello no dia 28 de janeiro de 2019

Olá pessoal,

Estamos em mês de férias, e acabei de chegar do Rio de Janeiro. Caminhei bastante por lá e andei de transporte público. O que me chamou muito a atenção foi a qualidade das calçadas por lá.

Já aqui em São Paulo, infelizmente, a minha impressão é que a mobilidade é péssima. Eu fiz algumas pesquisas e descobri que a população não está nada satisfeita com a mobilidade e com a qualidade de vida na capital paulista.

Segundo a pesquisa anual de mobilidade urbana do Metrô (Pesquisa Origem-Destino), que foi divulgada em setembro do ano passado, os meios de transporte que a população mais utiliza são ônibus e carro. Claro, o transporte individual não é um bom caminho, e acaba gerando mais poluição, congestionamentos etc.

A opção de caminhar até o local de trabalho ajuda na mobilidade, porém para isso faltam parques bem cuidados e uma preocupação maior com o pedestre; é preciso saber se o bairro de cada cidadão está em boas condições de caminhabilidade, por exemplo. Uma opção bem interessante são as bikes, mas também para elas falta infraestrutura.

Até o Metrô de SP peca por falta de acessibilidade. Quase nenhuma estação tem acessibilidade; e mesmo quando há, é comum ver os elevadores não funcionarem e a pessoa de baixa mobilidade precisar ir mesmo é pela escada rolante.

Numa cidade que tem um número bem significativo de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, o que está cada vez mais presente, é preciso pensar com seriedade nesse assunto, porque uma mobilidade urbana bem estruturada faz diferença para todos nós.

No VLT do Rio. Foto: Raquel Paoliello



Compartilhe

Comente

Seu e-mail nunca é exibido. Campos obrigatórios são marcados *

*
*
*


Busca no Blog
Com a palavra...
Raquel Arruda Raquel Arruda
de 23 anos, é cadeirante. Embora sofra de paralisia cerebral congênita, a moça vai logo declarando: "A deficiência nunca foi uma barreira para mim, muito pelo contrário; ando sempre com um sorriso no rosto e uma imensa vontade de viver". Raquel, que é apaixonada por literatura, escrita e música entre outros assuntos, neste blog quer mesmo é privilegiar a discussão sobre a inclusão e a luta pela acessibilidade e contra o preconceito.

Posts mais lidos
Categorias
Arquivo

Realização
Associação Abaporu
Desenvolvimento
MSZ Solutions
Comunicação
Mandarim Comunicação
Patrocínio
Itau

Allianz
Apoio
Ernst & Young
Prêmio
Empreendedor Social
Prêmio Empreendedor Social