Ciclovia de 8,8 km é implantada na zona norte de Natal

Nova ciclovia, entre a Redinha e a av. do Contorno, faz parte do Plano Cicloviário da capital do RN, que prevê 72 km de faixas para bicicletas

Notícias
 

Fonte: G1/ Prefeitura de Natal  |  Autor: G1  |  Postado em: 29 de março de 2017

Na ciclovia, José Canuto, da Associação dos Ciclis

Na ciclovia, José Canuto, da Associação dos Ciclistas do RN

créditos: Alex Régis/ Prefeitura de Natal

 

Para atender à demanda dos cidadãos que aderem à bicicleta como meio de transporte em Natal, a Prefeitura vem investindo na criação de ciclovias e ciclofaixas. Em março, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) iniciou a sinalização da nova ciclovia da cidade, que tem 8,8 km de extensão. A nova faixa começa na ponte Newton Navarro, segue pela avenida João de Deus, no bairro de Santos Reis, pela avenida Duque de Caxias e finaliza com a conexão à ciclovia existente na avenida Rafael Fernandes (também conhecida como avenida do Contorno). O investimento na ação é de R$ 300 mil, informa a STTU.

 

Nesse projeto, o trecho da avenida Duque de Caxias está sendo transformado em ciclorrota. O chefe de setor viário da STTU, Carlos Milhor, explica que já é tradicional naquela região o fluxo de bicicleta pelos moradores. Para facilitar ainda mais a mobilidade no local, a Secretaria optou pela ciclorrota. “Estamos fazendo a sinalização vertical e horizontal da via e indicando que a velocidade no local é de 30 km/h para priorizar os ciclistas. Além disso, iremos indicar agentes de mobilidade para orientar pedestres, motoristas e ciclistas”, detalha o técnico.

 

Segundo o presidente da Associação dos Ciclistas do RN, José Canuto, “Natal deu um salto de qualidade muito grande de uns dois anos pra cá. O investimento em ciclovias só traz benefícios. Esta nova ciclovia que está sendo implementada era um sonho antigo, especialmente, para os moradores da Zona Norte que utilizam muito a bicicleta para o descolamento diário”.

 

Essa medida faz parte do Plano Cicloviário de Natal, que prevê 72 km de ciclovias. A gestão municipal já sinalizou e indicou quase 44 km de ciclofaixas, ciclovias e faixas compartilhadas nas quatro regiões da capital potiguar. 

 

As avenidas Prudente de Morais, Ayrton Senna, Café Filho, Omar O´Grady e o Viaduto do Baldo são algumas vias importantes da cidade que possuem espaços dedicados aos ciclistas.

 

O secretário-adjunto de Trânsito da STTU, Walter Pedro, explica que a determinação do prefeito Carlos Eduardo é finalizar a aplicação do Plano Cicloviário de Natal. “Isso vai ajudar na diminuição do tráfego de veículos, melhora também o meio ambiente com a diminuição dos gases poluentes oriundos da queima de combustível dos carros, ajuda na saúde dos usuários do transporte e ainda prolonga a vida útil da malha viária da cidade. As estatísticas apontam que 5% dos natalenses utilizam a bicicleta como meio de transporte, mas esse número poderia ser bem maior. Estamos trabalhando para ampliar esse universo”, afirma.

 

Leia também:

Sinal sonoro facilita acesso de deficientes visuais aos ônibus de Natal

Projeto "Se essa rua fosse minha" começa neste domingo (29) em Natal 

Em Natal, projeto do VLT Aeroporto continua sem data para sair do papel 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?