Sinal sonoro facilita acesso de deficientes visuais aos ônibus de Natal

Equipamento emite bips e avisa ao deficiente visual que roleta está liberada. Antes, máquina acendia uma luz - o que não ajudava quem não enxerga

Notícias
 

Fonte: G1 RN  |  Autor: G1 RN  |  Postado em: 25 de agosto de 2016

Ronaldo Tavares, presidente da Sociedade dos Cegos

Ronaldo Tavares, presidente da Sociedade dos Cegos do RN

créditos: NatalCard

 

Dois bips estão facilitando a vida das pessoas quem têm problemas para enxergar e que precisam usar o transporte público em Natal. O equipamento, instalado no início da semana nos ônibus que circulam na região Metropolitana da capital potiguar, emite os sinais e avisa ao deficiente visual que ele já pode passar pela catraca.

 

Quem explica como algo tão simples vem fazendo toda a diferença é Ronaldo Tavares, presidente da Sociedade dos Cegos do Rio Grande do Norte (SOCERN). "Até a semana passada, quando alguém com problema de visão usava um ônibus, precisava da ajuda de terceiros para não passar por constrangimentos. Eu, por exemplo, subia no ônibus e ficava esperando que o cobrador, ou mesmo o motorista, dissesse que eu já podia passar pela roleta. E por que isso? Porque quando posicionávamos o cartão de gratuidade na máquina, ela acendia uma luz, sinalizando que o acesso estava liberado. Ora, se eu não consigo ver, como poderia saber que já podia passar?", relatou. "Agora, com o dispositivo, a coisa mudou. Quando a máquina reconhece o cartão de um deficiente visual, ela emite dois bips e a catraca automaticamente é destravada. Simples assim. Isso facilita a nossa locomoção, nos garante autonomia e independência. É de um alcance social inestimável”, celebrou.

 

Ainda de acordo com Ronaldo, os dispositivos sonoros foram instalados a pedido da SOCERN. “Fizemos a solicitação e fomos atendidos. A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal e o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Natal se sensibilizaram com a nossa causa e fomos contemplados também graças à NatalCard, que é quem confecciona os cartões”, ressaltou.

 

Parlavoz

“E em breve teremos mais novidades. Logo os ônibus também terão um outro dispositivo que vai facilitar ainda mais a nossa vida. É o Parlavoz, que é munido de um sintetizador de voz. Ele funciona assim: quando o veículo chegar em uma parada, o deficiente que está aguardando vai ouvir uma mensagem gravada informando que ônibus é aquele, qual linha e qual o percurso que ele está fazendo”, revelou.

 

Leia também:

Mobilize faz palestra voltada a prefeituras 

A chama passa, os pedestres tropeçam 

#Nada atrapalha meu caminho: um mutirão para avaliar a acessibilidade 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Enquetes
Enquete Você deixaria o carro em casa, e até o transporte público, se as calçadas de sua cidade fossem melhores para caminhar?