Difíceis decisões de um carro autônomo

Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos EUA, está disponibilizando testes que vão auxiliar na programação das decisões dos carros autônomos

Notícias
 

Fonte: Reclame Auto  |  Autor: Reclame Auto  |  Postado em: 03 de outubro de 2017

No teste, a escolha poderá ser entre o melhor ou m

No teste, a escolha poderá ser entre o melhor ou menos pior

créditos: Moral Machine/ Reprodução

Que os carros autônomos estão em desenvolvimento, isso é fato. Mas, como serão programadas as decisões que esses veículos deverão tomar ante a iminência de um acidente? Quais escolhas devem ser feitas, por exemplo, no momento que o carro tiver de optar entre proteger os passageiros ou atropelar pessoas que estão atravessando fora da faixa de pedestre? Ou quando os pedestres são, por exemplo, crianças em frente a uma escola?

O veículo terá de decidir entre salvar, ou os passageiros, ou um idoso que não percebeu o semáforo aberto e continuou a atravessar a rua. Pode-se imaginar situações as mais diversas e imprevistas, que colocam em prova as regras de segurança pré estabelecidas pelos engenheiros que o programaram. 

Para quem deseja colaborar no desenvolvimento dos autônomos, nas escolhas que esses veículos farão no futuro, está disponível um questionário feito pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), onde quem acessar a página poderá responder e eleger as prioridades do veículo sem motorista.

No site Máquina Moral do MIT são apresentados diversos cenários de acidentes inevitáveis com carros autônomos e que o internauta terá de julgar, apontando qual a ação mais correta, ou a menos errada, a ser tomada pela máquina.

Veja a seguir um exemplo de teste colocado pelo site, para uma situação em que o carro autônomo e sem ocupantes apresenta uma falha repentina nos freios, e não conseguirá frear antes da faixa de pedestres. Quem estiver fazendo o teste terá de escolher um entre dois cenários possíveis:

1- Matar uma mulher e um homem idoso que estão obedecendo à lei e atravessando no sinal verde para pedestres;
2- Matar uma menina e um homem que estão desobedecendo à lei e atravessando no sinal vermelho para pedestres.

No final do questionário, composto por 13 questões, o resultado mostra qual o personagem teve a vida mais preservada, bem como as tendências de julgamento, ou seja, quão importante é proteger o maior número de vidas, obedecer às leis de trânsito ou salvar os pedestres em detrimento dos ocupantes do carro.

As informações coletadas serão utilizadas posteriormente no desenvolvimento dos veículos autônomos. 

Veículos autônomos serão programados para tomar decisões críticas. Imagem: Moral Machine

Leia também:
Carros e ônibus autônomos vão operar em dez áreas do Japão
Veículos autônomos devem ser usados no transporte público, diz estudo
Carros voadores, a nova aposta da indústria


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário