Saiba a diferença de ciclovia, ciclofaixa e ciclorrota

Ultimamente, muito tem se falado sobre as ciclovias, ciclofaixas e ciclorotas. Mas, você sabe a diferença entre elas?

Notícias
 

 |  Autor: Carlos Fernandes  |  Postado em: 21 de dezembro de 2011

Ciclovia da Marginal Pinheiros

Ciclovia da Marginal Pinheiros

créditos: Garapapaulista

Em nossa cidade encontramos as três opções para o tráfego de ciclistas, mas nem sempre sabemos diferenciá-las ou respeitá-las.

 

Ciclovia:

 

É um espaço separado fisicamente para o tráfego de bicicletas.

É o modo mais seguro, porque há um isolamento impedindo o contato com os demais veículos.

 

Essa separação pode ser através de meio fio, grade, muretas, blocos de concreto ou outros tipos de isolamento fixo. 

 

Esse tipo de segregação é encontrado em avenidas e vias expressas pois protege o ciclista do rápido e intenso trânsito.

 

Ciclofaixa:

 

Esse tipo de separação não é físico. Aqui ela é feita apenas com uma faixa pintada no chão, tendo no máximo “olhos de gato” ou “tartarugas”.

 

Está é indicada para locais onde o trânsito é calmo e é mais barata que a ciclovia, pois usa a própria estrutura da estrada. 

 

Ciclorrota:

 

É uma das mais novas opções para os ciclistas. Ela consiste num caminho que pode ou não ser sinalizado que represente uma determinada rota de melhor acesso ao destino onde o ciclista deseja ir.

 

Não é nem uma faixa pintada no chão, nem um trecho da via separado para tal, embora parte ou toda a rota possa passar por ciclovias ou faixas.

Enfim, todos esses são meios para maior segurança e comodidade dos ciclistas de nossas metrópole.

 

Leia também:


129 metros de pistas e ciclovias suspensas por uma torre de 24 andares

Projeto de natal ilhense homenageia a ciclovia

Ceará: Ciclovia da Avenida Washington Soares (CE-040) recebe pavimentação

Guarulhos ganhará uma Ciclovia de Lazer


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

laura machado - 21 de Dezembro de 2011 às 15:11 Positivo 5 Negativo 0

a ciclorrota é uma via comum, compartilhada com carros, mas com sinalização especial. Não há separação física entre carros e bicicletas, como acontece nas ciclofaixas e cicloviais, mas a preferência é sempre do ciclista.

Clique aqui e deixe seu comentário