Cinco quilômetros de ciclofaixas serão abertos em fevereiro no Recife

Novos trechos ficam em vias do centro e da zona sul da capital, que terá 109 km de rotas cicláveis, diz Prefeitura. Nessas áreas, velocidade dos carros terá redução

Notícias
 

Fonte: Portal da PCR  |  Autor: Mobilize Brasil  |  Postado em: 29 de janeiro de 2020

Ciclovia na estrada do Bongi, aberta no ano passad

Ciclovia na estrada do Bongi, inaugurada em 2018

créditos: PCR/ Divulgação

Até a primeira quinzena de fevereiro, mais cinco quilômetros de vias para bicicleta serão inaugurados no Recife, em áreas do centro e da zona sul, anunciou a Prefeitura. Além desta ampliação, também está prevista a requalificação da ciclofaixa Binário de Casa Amarela, situada no cruzamento das estradas do Arraial e do Encanamento, na zona norte da cidade. As obras estão a cargo da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU).

 

Com os novos trechos, informa a Prefeitura, a capital pernambucana passará a ter 109 km de rotas exclusivas para bicicletas. 

 

No centro, o novo trecho terá 2,4 km de extensão e fará parte da terceira fase da ciclofaixa Boa Vista, que se conecta à ciclovia Jornalista Graça Araújo, no bairro de Santo Amaro. O trecho novo passa pela Rua Bisco Cardoso Ayres, e segue pelo Beco do Estudante (em trecho compartilhado com pedestres) até a Avenida Conde da Boa Vista. A rota também vai se conectar à segunda fase da ciclofaixa Boa Vista, indo da Rua João Fernandes Vieira em direção à Rua Joaquim Felipe, Avenida João de Barros e Rua Montevideu.

 

Já na zona sul será implantada a ciclofaixa Geraldão, com 2,6 km de extensão e que percorre o entorno do Ginásio, no bairro da Imbiribeira. O equipamento terá início na Avenida Senador Robert Kennedy, seguirá pelas ruas Tavares Correia, Alan Kardec, Jornalista Cleófas de Oliveira, até cruzar a Avenida Mascarenhas de Moraes e seguir pela Rua Jalisco e Avenida Sul, onde se conectará com a estação de Metrô Antônio Falcão.

 

De acordo com a Semoc, na requalificação da ciclofaixa Binário de Casa Amarela, no trecho que percorre a Estrada do Encanamento, a rota foi duplicada, passando a ser bidirecional. Nos outros locais, a ciclofaixa recebeu manutenção da sinalização.

 

Redução de velocidade 

Para a implantação das novas rotas, a CTTU realizará a manutenção de toda sinalização vertical e horizontal das vias por onde circularão os ciclistas. 

 

E o mais importante: as novas rotas cicláveis vêm acompanhadas também da regulamentação de velocidade nessas vias, um trabalho também a ser fiscalizado pela CTTU. Nos locais que receberão ciclofaixas, a velocidade será de 40 km/h, e nos trechos em ciclorrota, 30 km/h. 

 

Nas semanas seguintes ao início da operação de cada novo equipamento, serão destacadas equipes de agentes e orientadores de trânsito para o trabalho de monitoramento e orientação nos locais. 

 

Vale destacar que a multa para quem estacionar em cima da ciclofaixa, infração considerada grave, será de R$ 195,23, mais cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já para quem transitar na ciclofaixa (infração gravíssima), a multa é multiplicada por três (R$ 880,41) e rende sete pontos na CNH.

 

Leia também:
Zona 30 e ciclorrota são implantadas em mais um bairro do Recife
Programa deve recuperar 130 km de calçadas no Recife até 2020
Ciclistas fazem recontagem de bikes hoje (28) na zona norte do Recife
Ciclistas do Recife "descomemoram" atraso do plano cicloviário


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.