Operação de sistemas de transporte metropolitano: Terminais integrados ou integração temporal?

Os Sistemas de Integração visam o aumento da acessibilidade ao transporte público e a melhoria da circulação urbana. Esta pesquisa investigou como os usuários desse sistema, na Região Metropolitana do Recife, avaliam os modos de integração física e temporal.

Terminais físicos ou integração temporal?, segundo

Terminais físicos ou integração temporal?, segundo usuários

créditos: Grande Recife/ Divulgação

Autor: Marina Soriano*

Assunto: Teses e TCCs

Abrangência: Recife

Ano: 2016

Os Sistemas Integrados de Transporte visam aumentar a acessibilidade dos usuários e reorganizar os serviços de transporte público. A maior parte dessas integrações na Região Metropolitana do Recife ocorre em terminais físicos de integração. Pode-se dizer que, atualmente, esse sistema encontra-se saturado nos horários de pico. Uma saída é ampliar o uso de integração temporal, que tende a reduzir a superlotação dos terminais e deve ser tratada como mais uma opção de integração ao usuário do transporte coletivo.

Esta pesquisa verificou como os usuários dos Terminais de Integração da RMR avaliam o uso da integração física e suas opiniões a respeito da integração temporal. Por meio de um questionário online foram obtidas 400 respostas consideradas válidas. Os resultados foram apresentados levando em consideração dois aspectos: usuário frequente dos terminais de integração (66%) e usuário não frequente dos terminais de integração (34%).

A maior parte dos usuários frequentes e não frequentes dos TIs adota essa opção de transporte por dois motivos: i) o próprio sistema racionaliza as linhas para não haver sobreposição de itinerários, obrigando os passageiros a usarem os terminais, e; ii) por razões econômicas. Além disso, a população se sente mais segura dentro dos TIs, provavelmente por haver ali maior segurança, e devido às facilidades físicas existentes, que proporcionam significativa comodidade aos usuários. 

Eles também concordam que o uso da integração física na RMR possivelmente não tende a reduzir o tempo de viagem (devido a longos períodos de espera) e nem a ser confortável para os passageiros (justificável pela lotação dos TIs em horários de pico). Assim, esses últimos fatores, na verdade, desmotivam o uso da integração física.

Todos os usuários ouvidos optariam por integração temporal devido a razões econômicas – tarifa única. A comodidade também é apontada como fator motivador, que pode estar relacionada com a ausência de deslocamentos negativos – aqueles gerados, em alguns casos, quando há a obrigatoriedade de ir até um TI. Já a falta de conforto e de segurança são razões que desmotivam a realização de conexão fora dos terminais integrados.

Contudo, os usuários frequentes e não frequentes divergem quanto à possibilidade de redução do tempo de espera e viagem com o uso da integração temporal – os primeiros classificam tal fator como grande motivador devido aos longos períodos de espera dentro de um TI e a exclusão de prováveis deslocamentos negativos. Os segundos qualificam a redução do tempo como pouco motivador, possivelmente, porque eles não utilizam os terminais de integração nos horários de pico.

Quanto à necessidade de aumento de tarifa para implantação da integração temporal, 58% dos respondentes informaram que o valor deve continuar o mesmo. 

Esses dados estão relacionados com a baixa qualidade que o transporte público apresenta e devido ao fato de as pessoas não acreditarem que um aumento na tarifa possa gerar melhorias do mesmo.

Percebe-se que a grande maioria da população não está disposta a pagar a mais pela passagem, independente da sua renda familiar, mesmo havendo uma possibilidade de melhoria. Apesar disso, 84% dos respondentes afirmaram que optariam por fazer a integração temporal. Isso aponta para uma insatisfação da população em relação ao atual sistema. Inclusive, alguns respondentes alegaram que o valor da tarifa deveria ser reduzido. 

*Autores: Marina Soriano; Laize Silva; Natália Cavalcanti; Pâmmela Santos; e Leonardo Meira, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal de Pernambuco

Arquivos
Download
Terminais integrados ou integração temporal?
Nesta pesquisa sobre Sistemas de Integração de Transportes, os resultados mostraram que a grande maioria da população não está disposta a pagar a mais pela passagem, mesmo com a possibilidade de melhoria do transporte.

 Voltar

Outros Estudos

Ver todos os estudos

  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário