Porto Alegre busca operadora para ampliar sistema de bike share

Chamamento público está aberto até 14 de abril. Meta é também oferecer bicicletas elétricas para compartilhamento

Notícias
 

Fonte: Prefeitura de Porto Alegre  |  Autor: Mobilize Brasil  |  Postado em: 21 de março de 2022

Bicicletas compartilhadas: uma possível expansão e

Bicicletas compartilhadas: Porto Alegre busca expansão

créditos: Jasmine Alston/Grist


A Prefeitura de Porto Alegre abriu um chamamento público para o credenciamento de empresas para exploração, instalação, manutenção e operação do serviço de compartilhamento de bicicletas. A primeira chamada acontece até as 18h do dia 14 de abril.


A ideia é que os porto-alegrenses possam contar, além das bicicletas convencionais já disponibilizadas, com bicicletas elétricas e infantis, abrangendo mais áreas da cidade, com um  número maior de bicicletas. “Esse modelo possibilitará que mais empresas possam oferecer os serviços à população, ampliando a oferta e trazendo opções mais modernas aos usuários deste modo de transporte”, destaca o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior.


O sistema deverá possibilitar ao usuário a devolução da bicicleta na mesma estação onde a retirou ou em qualquer outra estação da mesma credenciada, desde que haja uma vaga livre. Além disso, deverá  operar todos os dias da semana, de forma ininterrupta, no horário compreendido, no mínimo, entre as 6h e 22h. A equipe técnica irá analisar o projeto básico da rede de compartilhamento de bicicleta contendo número de estações e vagas, localização proposta para cada estação e proposta de estação de compartilhamento padrão. 


Segundo o edital, as empresas interessadas devem enviar eletronicamente a documentação para a Unidade Permanente de Licitações da Diretoria de Licitações e Contratos (UPL-DLC) da Secretaria Municipal de Administração e Patrimônio, pelo e-mail [email protected].


O edital pode ser consultado na área de credenciamentos no site da prefeitura. Clique para acessá-lo.



Leia também:
Porto Alegre poderá usar até R$ 9,4 milhões para a mobilidade
Bogotá anuncia seu programa de bicicletas compartilhadas
Criar espaços para a bicicleta traz benefícios às economias locais
Em Salvador, ciclismo cresceu 61% durante a pandemia
Porto Alegre começa a tirar cobradores de ônibus



  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário