Calçadas do Brasil 2019: secretário recebe relatório da Campanha em SP

Em reunião com o Mobilize, Secretário da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, se compromete a apoiar ações para a melhoria das calçadas paulistanas

Notícias
 

Fonte: Mobilize Brasil  |  Autor: Regina Rocha/ Mobilize Brasil  |  Postado em: 06 de novembro de 2019

Equipe do Mobilize na reunião com Cid Torquato e a

Equipe do Mobilize na reunião com Cid Torquato e assessoras

créditos: Regina Rocha/ Mobilize Brasil

Uma equipe do Mobilize foi recebida na tarde de ontem (5) em São Paulo pelo secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato. Na pauta, a entrega à Prefeitura de São Paulo do relatório final com os resultados da Campanha Calçadas do Brasil 2019.  

 

A reunião ocorreu no gabinete do secretário, no Centro, e iniciou com uma apresentação da arquiteta Marília Hildebrand, do Mobilize, sobre a campanha que acaba de avaliar o grau de caminhabilidade no entorno de edifícios públicos das 27 capitais. Ela esclareceu ao secretário que embora a capital paulista tenha ficado em primeiro lugar no ranking da pesquisa, os 6,93 de média alcançados pela cidade não chegam a 8, nota considerada como mínima a garantir uma boa caminhabilidade de fato.  

 

As melhores e piores calçadas de São Paulo foram mostradas e comentadas pelo editor do portal, jornalista Marcos de Sousa, que traçou um quadro da situação e das principais deficiências encontradas no levantamento. 

 

Plano de calçadas
Torquato, que acompanha o Mobilize, disse estar ciente dos problemas, tanto que, diz ele, foi a partir de uma proposta de sua gestão que se originou o Plano Emergencial de Calçadas, anunciado recentemente pela Prefeitura para recuperação de 1,5 milhão de metros quadrados de passeios públicos em toda a cidade, especialmente em rotas estratégicas. 

 

Arquiteta Marília Hildebrand, do Mobilize, mostra os principais resultados em SP Foto: Regina Rocha

 
Após elogiar o esforço e a qualidade do estudo do Mobilize, o secretário se colocou à disposição para, nas suas palavras, "fazer um barulho" sobre a Campanha, e buscar adesões e envolvimento não apenas de outras áreas da Prefeitura, mas da Câmara Municipal e de empresários parceiros em projetos e obras de calçadas. Além disso, Torquato disse que entregará pessoalmente ao prefeito Bruno Covas - no momento, afastado por doença - o relatório da Campanha.

 

Ainda nesta semana teremos uma nova apresentação na Secretaria das Subprefeituras de São Paulo, que é responsável direta pela manutenção das calçadas. Esperamos que esses contatos provoquem ações concretas e melhorias para quem caminha ou circula em cadeiras de rodas por São Paulo.

 

Leia também: 
Calçadas do Brasil 2019
41% das calçadas de SP não têm largura mínima exigida pela lei atual
Multar o proprietário resolve o problema das calçadas?
Essas calçadas tão injustas…
Hospitais e centros de saúde públicos têm calçadas piores
Cadeirantes sofrem nas calçadas de São Paulo


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.