UFSCar avalia efeito do treinamento muscular respiratório em ciclistas

Projeto busca voluntários homens para estudar efeitos do ciclismo nos sistemas cardiovascular, respiratório e musculoesquelético

Notícias
 

Fonte: UFScar  |  Autor: Marcos de Sousa  |  Postado em: 30 de março de 2016

UFSCar avalia efeito do treinamento muscular respi

Pesquisa: avaliação da saúde de ciclistas

créditos: Fotos Públicas / Prólogo Ativo

Com o objetivo de avaliar o efeito do treinamento muscular inspiratório em homens ciclistas, o Laboratório de Fisioterapia Cardiovascular (LFCV), do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), está convidando voluntários do sexo masculino com idade entre 20 e 40 anos, que pratiquem o ciclismo por pelo menos seis meses ininterruptos e que pedalem, no mínimo, 150 minutos por semana, para participarem de um estudo. A pesquisa é conduzida pela professora Aparecida Maria Catai, do DFisio.

 

O projeto foca os efeitos de três diferentes intensidades de treinamento muscular inspiratório, nos sistemas cardiovascular, respiratório e musculoesquelético, bem como no desempenho físico desta população. Os resultados serão entregues aos participantes e poderão ajudá-los a aprimorar o treinamento que realizam. Além disso, a participação na pesquisa poderá trazer melhora no desempenho físico.

 

Os voluntários não podem ser diabéticos, hipertensos, fumantes, etilistas ou possuírem qualquer comprometimento musculoesquelético ou neurológico que impeçam a realização das avaliações. Outro critério de inclusão para ser voluntário da pesquisa é não fazer uso de nenhum medicamento de uso contínuo.

 

Avaliações

Durante o estudo, serão realizadas a avaliação nutricional (realizada por uma nutricionista especialista em nutrição desportiva); teste ergométrico (com médico cardiologista para avaliar se há problemas cardíacos e se o voluntário está apto a participar do treinamento); avaliação da composição corporal (que avalia a porcentagem de gordura corporal e de massa magra); e avaliação da função pulmonar (espirometria). 

 

Também serão feitos teste cardiopulmonar (avaliação do consumo de oxigênio durante o exercício que mostra qual é o condicionamento físico do participante); testes de resistência e de força da musculatura respiratória; e exames de sangue.

 

As avaliações têm duração de quatro meses, incluindo avaliações e treinamento. O voluntário tem que ter disponibilidade de realizar o treinamento durante três meses, três vezes por semana, uma hora por dia, no Laboratório de Fisioterapia Cardiovascular da UFSCar, no período vespertino ou noturno.

 

Informações:
email: [email protected] 
Tels. (16) 3351-8705 e (19) 98118-4926 (WhatsApp). 



Leia também:
Pesquisa nacional revela perfil de ciclista de 10 cidades brasileiras
Quem é o ciclista de BH? Pesquisa traz 52 mil dados
Uma cidade sustentável e amiga do ciclista 


  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário