Rodovias de Mato Grosso terão ciclofaixas e calçadas, diz governador

Governo do estado anuncia que encaminhará projeto de lei prevendo instalação de vias para bicicletas em todas as obras de estradas que saem dos municípios mato-grossenses

Notícias
 

Fonte: Olhar Direto  |  Autor: Wesley Santiago e Ronaldo Pacheco  |  Postado em: 05 de junho de 2018

Obra de ciclovia na MT-251, que vai a Chapada dos

Obra de ciclovia na MT-251, que vai a Chapada dos Guimarães

créditos: Rogério Florentino Pereira

 

O governo do Mato Grosso anunciou que pretende encaminhar um projeto de lei à Assembleia Legislativa (ALMT) para que todas as rodovias que saem dos municípios mato-grossenses tenham ciclofaixa. Segundo o governador Pedro Taques (PSDB), as mudanças serão gradativas e têm o objetivo de proporcionar um espaço mais adequado aos que desejam se locomover com bicicleta. 

 

Já o secretário adjunto de Obras, Marcos Catalano, afirmou que “no projeto a ser encaminhado para a ALMT, estará determinado que todas estas rodovias tenham em seu projeto de pavimentação uma ciclofaixa". E completou dizendo que as intervenções "serão estudadas caso a caso, para que saia da melhor forma possível. Será feita uma dosagem do custo-benefício, inclusive o social”. 

 

Catalano lembrou que, em Cuiabá, já está definida a pista exclusiva para os amantes das bicicletas nas obras de duplicação das rodovias MT-010 (saída para o Distrito da Guia) e MT-251 (saída para a Chapada dos Guimarães). Além dessas vias, está em estudo uma adaptação na MT-040 (saída para Santo Antônio do Leverger) para que também aí tenha uma pista para ciclistas.

 

A ciclovia na saída da Chapada (MT-251) é um projeto concebido para canteiro central, explicou o secretário: "O diferencial é que instalaremos uma sinalização muito forte, para evitar acidentes com ciclistas. Então, ela vai ser muito bem orientada, tanto horizontal, quanto verticalmente, para que os ciclistas e os pedestres que trafegam pelo canteiro central possam usufruir dessa passagem de forma segura”, declarou.

 

Na Estrada da Chapada, a obra de duplicação da via deverá ter duas pistas com três faixas de rolamento com 3,5 m de largura, ciclovia no canteiro central, e cinco metros de calçada em cada lado da via.

 

Catalano lembrou ainda que também os motoristas serão orientados a tomar cuidado nas rotatórias, local onde há um ponto de intersecção entre ciclistas e veículos. "O diferencial nessas vias seria a sinalização, que vai ser muito ostensiva para prevenir acidentes”, observou.

 

Leia também:
Acidentes de trânsito em Cuiabá matam 100 pessoas em sete meses
Cuiabá ganha três quilômetros de ciclovias em dois anos
Rodovias "urbanas" precisam de calçadas e ciclovias
Ciclovias e calçadas são obrigatórias em rodovias "urbanas"





  • Compartilhe:
  • Share on Google+

Comentários

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!!!

Clique aqui e deixe seu comentário

Mais lidas


  • Nenhuma notícia encontrada.